segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Expressões regulares

Qualquer  coisa que eu escrever aqui vai ser inútil, afinal um lugar ótimo pra aprender sobre expressões regulares é o site http://guia-er.sourceforge.net. Ele é a versão online do guia de consulta rápida.



#tenso


sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Isso sim é Funk

Dazz Band - Let it Whip

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Convites pro Google Wave



Pra quem viu no mês passado, ainda deve estar lembrando da macro promoção que fiz sorteando os convites pr Google Wave. Dessa vez vai ser diferente, esse negócio de promoção é quase uma ilusão probabilidade de vitória, dessa vez vamos fazer algo mais decente.

Vamos aproveitar que quase ninguém comenta nesse blog, no presente momento eu tenho 23 convites pro Google Wave, as pessoas que quiserem basta deixarem o comentário que no e-mail que vocês cadastrarem no comentário com o e-mail que eu envio o convite, simples assim.

Mas você ainda não sabe o que é o google wave? Ok big fella, aqui no site do Guia Google Wave você encontra muitas informações sobre ele, dicas e afins, tudo bem explicado e em português.

#edit: Malz aí, tentei achar o e-mail de vocês que comentaram, mas fala sério o blogspot me quebrou as pernas, qualquer coisa me cobrem no wvicente@gmail.com.

[Waking Life] Medo ou Preguiça


Antes de ler, assistam ao vídeo, pra facilitar a abordagem eu achei o vídeo dublado, assim quem tiver preguiça de ler basta apenas assistir ao vídeo e pensar um pouco.



E então super chimpanzé, qual é a sua desculpa? Acho que a minha tá 50% em cada opção, afinal, já deixei de lado muitas coisas por pura preguiça e a maioria dos meus projetos morreram no início por puro medo de falhar. Bom, mas pelo menos agora estou andando, já fazem mais de 6 meses que não desisto de nada, antes tarde do que nunca, não é?!

E você? Vai me dizer que nunca conquistou nada por pura falta de oportunidade? Acho que a grande maioria das pessoas podem afirmar que oportunidades não caem do céu, nem que você passe toda vida resando para que isso aconteça.

A melhor dica que eu ouvi é que não devemos ficar presos em um só objetivo, pois ninguém consegue tudo da noite pro dia, se você quer ser um escritor tente, corra atrás disso, mas faça isso em paralelo com outros objetivos, não jogue tudo pro alto pois você pode ficar sem nada.

Mas não queira abraçar o mundo, quem muito quer pouco tem, siga seus objetivos de acordo com sua capacidade, e saiba desde já que sua capacidade só tende à aumentar de acordo com suas conquistas.


[Waking Life] O Sim, A Mente e Paradoxo


Definitivamente, esse é um dos filmes que eu assisto pelo menos umas 2 vezes por ano, vou deixar essa parte do filme e depois do almoço eu escrevo mais sobre ele. Dica: Abram sua mente antes de dar play.


Enjoy

[Série] Californication



"God Hate Us All"

Não tem como falar dessa série sem citar o nome do livro que o personagem Hank Moody (David Duchovny) é o autor na série, pois daí já vemos que o personagem não é um pai de família comum nem mesmo mais um adolescente de séries que vemos por aí.

Californication, apesar do nome, não tem nada à ver com a banda "Red Hot Chili Peepers", esta série que acaba de terminar sua terceira temporada conta a história de Hank Moody, um escritor que mora em Los Angeles - California junto com sua filha Becca (Madeleine Martin) e ainda é apaixonado pela ex namorada, e mãe da Becca,  Karen (Natascha McElhone).

Logo no primeiro episódio da primeira temporada vemos que ele tem o dom de trocar os pés pelas mãos quando se trata de mulheres, pois ele sem saber a idade de Mia (Madeline Zima), que na primeira temporada tem 16 anos, a conhece em uma livraria e eles acabam transando (sim, simples assim). O problema começa com o fato de que Mia é a filha de Bill (Damian Young) que está de casamento marcado com Karen, tornando-a assim enteada da mesma. Não bastando isso, os roteiristas da série fazem o favor de nos presentear com muitas situações cada vez mais delicadas para o lado do nosso amigo Hank.

Com tudo que acontece com Hank não tem como defini-lo, acho que a melhor descrição pra ele é famosa "Belo Filho da Puta" e seus derivados. Apesar da série ser focada em Hank, seu "side-kick" Charlie Runkle (Evan Handler) também faz uma merda atrás da outra, mas também convenhamos, a secretária dele na primeira temporada é uma das Suicide Girls, na segunda temporada ele vira agente de uma atriz porno até fazendo ponta em um filme chamado Dogtown e na terceira ele é assediado por sua nova chefe Sue Colini (Kathleen Turner).


Forrados de muita bebida, sexo, drogas e rock'n'roll a série se desenrola contando a historia desses personagens que realmente só fazem merda com suas vidas, posso até dizer que a personagem que mais tem a cabeça no lugar é a Becca, filha do Hank, que mesmo falando pouco na série, ela sempre tem algum julgamento sincero sobre as ações dos pais, ahh e ela ainda dá uma palhinha de guitarra na primeira temporada.

Essa pequena Gahdi, assim como é chamada às vezes, tem uns comentários que sempre derrubam os pais e até mesmo alguns amigos deles, essa é o tipo de personagem que realmente fala o que pensa, assim como o nosso velho conhecido House, mas essa é outra série.

Nessa terceira temporada nós vemos que, mesmo fodendo tudo, Hank e Charlie tentam manter os relacionamentos com as suas mulheres, Karen e Marci (Pamela Adlon), mesmo mal sucedidos eles ainda assim tentam mais do que muita gente por aí.


"That's the thing about secrets, they have a funny way to coming out."

Para quem se interessou, aqui vai um link onde podem baixar todas as temporadas legendadas http://tinyurl.com/y9tc2wt

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

[FdS] Alta Fidelidade

Nessa segunda eu começo com o "Filme da Semana", carinhosamente chamado de FdS, assim não perdemos o gosto do fim de semana, hehehehe. Bom, pra começar, vamos falar de um filme do início dessa década, lançado no ano 2000: "Alta Fidelidade".


Mas antes de falar do filme, deixe-me mostrar-lhes a sinopse:
Rob Gordon (John Cusack) o dono de uma loja de música beira da falência, que apenas vende discos em vinil. Azarado no amor e ao mesmo tempo uma enciclopédia ambulante sobre música pop, os caminhos da vida terminam por levá-lo a analisar suas escolhas e prioridades, fazendo com que alcance a maioridade.
Ok, agora vamos aos fatos, quem ainda não assistiu esse filme não sabe o que está perdendo, pois uma das coisas que mais chamou a atenção nesse filme são vezes em que John Cusack cita os seus TOP5 sobre algum tópico, seja música, momentos com a ex, ou até mesmo de términos de namoro.

Assim como o pessoal do Omelete fala no seu artigo sobre o filme, é uma grande responsabilidade você divulgar seu TOP5 por aí, pois quando alguém escuta é bem capaz de correr atrás sobre os itens citados e acabar vendo que seus gostos são iguais ou até mesmo extremamente diferentes dos deles.

No filme contamos com a presença do inigualável Jack Black que também faz suas contribuições nos TOP5 de música, e como sempre com comentários pra lá de sarcásticos que já são itens carimbados em seus personagens.

TOP 5



sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Xadrez: Peão




 

Pense nessa vida como um grande tabuleiro de Xadrez, com a diferença que ao invés de cada um ser uma peça desse tabuleiro, todos somos todas as peças.

As vezes somos peões, as pequenas buchas de canhões que se sacrificam para proteger o rei, mas que quando chegam ao reino inimigo têm o poder de invocar peças que foram mortas/capturadas.


É interessante pensar na vida dessa forma, pois tudo é um grande teatro, tudo faz parte da suposta verdade universal. Nos nossos momentos de peão temos de nos conformar com as ações dos outros, aceitar sermos pisados pelos nossos próprios cavalos e até mesmo se matar para proteger a rainha pois o rei é tão inútil que nem isso ele faz.


Ser um peão não é tão injusto quanto parece pois, ao contrário das outras peças, os peões conseguem uma recompensa por chegar ao outro lado, os peões têm o poder de recuperar o que foi perdido seja isso um peão ou até mesmo a rainha. Do bispo à torre, somente os peões podem alcançá-los quando eles partem do tabuleiro, e cabe aos peões criarem o caminho para a vitória.


Lembre-se disso quando estiver por aí, não seja sempre a torre de pedra que só anda em linha reta e bate todos os obstáculos de frente, às vezes é melhor contornar o problema do que simplesmente destruí-lo, nunca se sabe quando a arma do inimigo se volta contra ele mesmo.


======================
Carpe mother fucker Diem!
======================

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

KX-TC1468LBB



Depois de quase um mês de peregrinação na internet eu finalmente achei o manual desse telefone maldito, esse manual foi realmente minha baleia branca, e o melhor é que eu consegui pegá-la.

Finalmente o manual do KX-TC1468LBB!!!

http://www.megaupload.com/?d=YC2MS2HU


segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Enquanto isso no twitter



Sinceridade: Pratique isso!

Hoje é segunda!

Caramba, todo mundo reclama que segunda-feira é um dia de Garfield mas pessoal, segunda é dia de festa como qualquer outro, afinal... Hoje é segunda e a balada é muito louca, tira a mosca da minha sopa que eu vou tomar cuba na jarra! Tem muita gente na ressaca de domingo, eu não tenho dó um pingo eu vou cuba na jarra!


For those of you that don't know me... I'm The Ogre Of Beer!


Esses dias uma garota me perguntou o porque de nós homens termos preferência por guardar a cerveja já na prateleira de baixo, well, for those of you that don't do that, fica a dica na imagem ao lado e obviamente a resposta pra minha saudosa, amiga.

Queria saber quem foi o manézão que resolveu tirar a graça de uma segunda-feira, tá eu sei que é o dia que a maioria das pessoas volta pro batente, mas idaí? Tem gente que sábado e domingo ainda estão no batente, por que segunda ainda é o pior dia para essas pessas?

Normalmente segunda sé bom porque é o dia mais longe da outra segunda, mas quer saber da verdade, segunda só é ruim porque não pega bem ir trabalhar de ressaca na terça.

Então fica a boa idéia da semana: "Não importa que dia seja, pegue uma cerveja e seja feliz!". Obs.: Se não curte fermentados, bom, vai pegar a sua bebida favorita. Cara, mas se você não bebe... bom você é o motorista da noite, mas se você não bebe e não dirige... que triste ser você.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Anjos voam sós



Ontem me apresentaram essa cantora, Christina Stürmer, e devo adminitir que ela canta muito bem e também é muito linda. É raro me apresentarem coisas nos últimos tempos, tanto que quando me apresentam eu tento fazer o broadcast das informações.

Christina Stürmer (* 9 de Junho de 1982, Altenberg, Oberösterreich) é uma cantora austríaca. em
Após trabalhar em uma livraria em Linz e cantar em várias bandas, ela alcançou o 2º lugar no Starmania, um programa austríaco de seleção de novos talentos. Sua primeira música foi Ich Lebe, publicada em 2003, que acabou obtendo muito sucesso na Áustria e foi sucedida por várias outras músicas no topo das paradas.
Em 2004 a música Vorbei alcançou o top 100 alemão, e em abril de 2005 uma nova versão de Ich Lebe foi produzida especialmente para o mercado alemão. A música alcançou altas posições na Alemanha, Suíça e Itália, deixando Christina muito bem conhecida nos países que falam alemão. 2006 foi seu ano de maior sucesso. Ela vendeu mais de 400.000 cópias na Áustria, Alemanha, Suíça e no Tirol (província italiana).

fonte: Wikipedia


Christina Stürmer - Engel Fliegen Einsam

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Isso sim é arte!


Se você vai para uma exposição e encontra a cena abaixo, o que passa pela sua cabeça?




O toque de um ateu


George Carlin

12 de maio de 1937 — 22 de junho de 2008

How to Lose Friends & Alienate People


Devo estar transformando o blog em algum catálogo de alguma locadora, mas eu não podia deixar desse filme do Simon Pegg, saca só.


O cara sai de Londres, vai pra New York para trabalhar em uma revista como crítico, chegando lá só se ferra e fica BFF da belíssima Kirsten Dust (a.k.a Mary Jane Watson-Parker), quando ele pensa que tá tudo se ajeitando, pois ele dá uns pega na Kristen, ele se ferra de vez e resolve jogar o jogo do povo de NY e se vende pra vender os outros, sabe como é, ele precisava se dar bem em algum ponto dessa vida.


Nessa reviravolta da vida dele, rola uns pegas entre ele e ninguém menos que a incrível Megan Fox, sim aquela que foi o motivo dos filmes dos Transformers terem sucesso.


Agora, para e pensa, o cara sai da terra da rainha, vai pra big apple e se vende pra pegar a Megan Fox? Cara... MEGAN FOX... só ela já vale o sacrifícil, sei que isso parece algo que somente alguém sem amor próprio diria, mas... eu já disse que é a Megan Fox??



Bom, como eu dizia, a Megan Fox, opa... droga... o Simon Pegg mais uma vez dá um show de atuação nesse filme, mostra mais uma vez que tem uma vêia para comédia. Agora... se você conseguiu continuar lendo o post, mesmo com a Megan aí do lado, parabéns! Pois eu tô parando o post por aqui só pra por o trailer e a sinopse do filme.


Sinopse: Sidney Young (Simon Pegg) é um intelectual desiludido que ama e odeia o mundo das celebridades, da fama e glamour. Sua revista alternativa, Post Modern Review, ironiza a mídia obcecada por estrelas e tendências. Mas quando Young recebe uma proposta para trabalhar na importante revista conservadora de Nova York, Sharps, é um choque! Com o novo emprego, Young se torna famoso também e conhece a sua musa, Sophie Maes (Megan Fox). Esse novo mundo das celebridades deixa Sidney em um grande dilema, quando tem que escolher entre o glamour ou seu amor, a colega Alison Olsen (Kirsten Dunst).



 #meganfox #simonpegg #kirstendust

Obama, você tem twitter?


#old

[B&C] Todo mundo quase morto



Sinopse: Winchester. Shaun (Simon Pegg) trabalha como vendedor e divide uma casa com Ed (Nick Frost), seu melhor amigo, e Pete (Peter Serafinowicz). Ele costuma ir sempre ao pub local, mas Liz (Kate Ashfield), sua namorada, está cansada de lá. Além disto ela sempre reclama que ele não se separa de Ed, apesar de suas piadas bobas e seu desinteresse em fazer algo útil. Para resolver a questão Shaun aceita marcar um encontro com Liz em outro restaurante, mas se esquece de fazer a reserva. Irritada, ela decide terminar com ele. Shaun, arrasado, se embebeda no seu pub predileto ao lado de Ed, sem notar que as pessoas à sua volta estão se tornando zumbis, devido a um estranho fenômeno.


[B&C] Melhor é Impossível



Que fique bem claro, eu só acho que nessa foto ele está representando o seu personagem em Melhor é Impossível, por causa dos óculos, pois essa cara que ele faz tá em praticamente todos os filmes, pra você ter idéia, lí gente dizendo que era do filme "O Iluminado"...


No filme Melhor é Impossível o nosso amigo Jack faz o papel de um cara que vive atormentado pelos seus TOCs (Transtornos Obsessívos Compulsivoss) que no desenvolver da história ele se apaixona pela única garçonete que ele aceita que sirva ele e vira BFF de um gay que mora no mesmo prédio que ele.


Um dos melhores papéis do Jack, afinal, fazer personagens estranhos e com vários disturbios psicológicos é com ele mesmo.


Sinopse: Em Nova York, um escritor grosseiro e sarcástico (Jack Nicholson) tem como alvos principais um artista gay (Greg Kinnear), que é seu vizinho, e uma garçonete (Helen Hunt) que enfrenta problemas por ser mãe solteira e ter que se desdobrar para cuidar de seu filho, que tem asma crônica. Mas o destino vai fazer com que eles fiquem muito mais próximos do que poderiam imaginar.



[B&C] Desejo e Reparação



Esse aqui eu ainda não assisti, então nem tenho o que comentar sobre ele...


Sinopse: Em 1935, no dia mais quente do ano na Inglaterra, Briony Talles (Romola Garai) e sua família se reúnem num fim de semana na mansão familiar. O momento político é de tensão, por conta da 2ª Guerra Mundial. Em meio ao calor opressivo emergem antigos ressentimentos familiares. Cinco anos antes, Briony, então aos 13 anos, usa sua imaginação de escritora principiante para acusar Robbie Turner (James McAvoy), o filho do caseiro e amante da sua irmã mais velha Cecília (Keira Knightley), de um crime que ele não cometeu. A acusação na época destruiu o amor da irmã e alterou de forma dramática várias vidas.



[B&C] Coração Valente

"Liberdade!"


Ok, tá certo que o grito por liberdade dado por William Wallace, o personagem de Mel Gibson é um dos mais famosos, mas eu acho que a cena mais copiada desse filme é aquela onde ele está com a cara pintada com um bando de escocêses atrás dele, e ele fica falando:
 
- "Esperem... esperem... esperem..."

Detalhe, isso é enquanto uma penca de pessoas estão indo pra cima deles praticamente espumando, até que, quando os inimigos chegam no ponto estratégico para o Sr. Wallace, ele grita:

- "Atacaaaaaaaaaaar!"

Sim, você já viu essa cena em vários lugares, e se não sabia, agora sabe que essa cena pertence à esse filme. Preciso dizer que esse filme é phoda? Acho que não né!?

Sinopse: No século XIII, soldados ingleses matam mulher do escocês William Wallace (Mel Gibson), bem na sua noite de núpcias. Ele resolve então liderar seu povo numa vingança pessoal que acaba deflagrando violenta luta pela liberdade.
 


[B&C] Matrix


Neo: "I know kung-fu"
Morpheus: "Show me"


Matrix foi uma revolução quando foi lançado, até mesmo o Leonardo fez um clipe usando aqueles efeitos de câmera que tanto consagraram esse filme.


Os efeitos de Matrix realmente foram um grande marco na história do cinema, ok, eu admito. No segundo filme conseguiram até mesmo acompanhar o sucesso do primeiro, mesmo que tenha se passado muito tempo entre eles, mas o terceiro filme da séries foi uma bomba, parece que os irmãos Wachowski olharam pro roteiro e falaram:


- "Eles não estão preparados para isso."


E então nos sentenciaram à um filme que não tinha cara de Matrix, mais parecia uma tentativa frustrada de fanmovie de alto orçamento. Porém, apesar do terceiro filme da série, os dois primeiros, os animatrix e os jogos valem, e muito, a pena. Quem não assistiu (Vou fingir que acredito...), assista, quem já assistiu, por favor, desconsidera o terceiro filme e vá assistir o novo filme dos imãos Wachowski .

Sinopse:Em um futuro próximo, Thomas Anderson (Keanu Reeves), um jovem programador de computador que mora em um cubículo escuro, é atormentado por estranhos pesadelos nos quais encontra-se conectado por cabos e contra sua vontade, em um imenso sistema de computadores do futuro. Em todas essas ocasiões, acorda gritando no exato momento em que os eletrodos estão para penetrar em seu cérebro. À medida que o sonho se repete, Anderson começa a ter dúvidas sobre a realidade. Por meio do encontro com os misteriosos Morpheus (Laurence Fishburne) e Trinity (Carrie-Anne Moss), Thomas descobre que é, assim como outras pessoas, vítima do Matrix, um sistema inteligente e artificial que manipula a mente das pessoas, criando a ilusão de um mundo real enquanto usa os cérebros e corpos dos indivíduos para produzir energia. Morpheus, entretanto, está convencido de que Thomas é Neo, o aguardado messias capaz de enfrentar o Matrix e conduzir as pessoas de volta à realidade e à liberdade.



[B&C] Os imperdoáveis





Não tenho muito o que dizer sobre esse filme, já que esse foi um dos que eu não soube responder, afinal eu não assisti e quase chutei "Menina de ouro", mas lembrei que lá não tinha a sra. cano duplo.



Sinopse: Bill Munny (Clint Eastwood), um pistoleiro aposentado, volta ativa quando lhe oferecem 1000 dólares para matar os homens que cortaram o rosto de uma prostituta. Neste serviço dois outros pistoleiros o acompanham e eles precisam se confrontar com um inglês (Richard Harris), que também deseja a recompensa e um xerife (Gene Hackman), que não deseja tumulto em sua cidade.



quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

[B&C] Identidade Bourne



Identidade Bourne, na minha opinião, é um filme que não precisava de continuação porcaria nenhuma. O filme era phoda, pra quê inventar mais coisas?


Mas é claro que Hollywood não poderia deixar uma franquia lucrativa como essa morrer, então foram lá e fizeram mais 2 continuações e, pelo que andei lendo, estão pensando em fazer um 4º filme, mas Paul Greengrass que dirigiu A Supremacia Bourne e O Ultimato Bourne, saiu da produção do quarto filme da franquia. E a saída pode não ter sido amigável.


Anyway, vamos verno que isso vai dar, afinal o Matt Damon aí tava todo pomposo nas produções de Ultimatum Bourne dizendo que o Bourne ia ser melhor que o James Bond. Agora sério, fala se o garoto não merecia uns pedalas na orelha.


Sinopse: Há 2 anos Jason Bourne (Matt Damon) achou que tivesse deixado para trás seu passado como assassino frio e calculista criado pela Treadstone. Desde então ele vem mantendo uma existência anônima, abrindo mão da estabilidade de ter um lar e se mudando com Marie (Franka Potente) sempre que surge a ameaça de ser descoberto. Quando um agente aparece na vila onde Jason e Marie vivem, eles não têm outra alternativa senão fugir. Porém um novo jogo internacional de perseguição faz com que Jason tenha que confrontar velhos inimigos.


[B&C] Silêncio dos Inocentes



Quid pro quo, Clarice.

Não sei quanto à vocês, mas esse filme é um dos meus favoritos, eu TENHO que comprar todos os 5 filmes da séries. Sim, são 5 filmes, pouca gente sabe, mas "Dragão Vermelho", aquele foi com o Edward Norton, que na crônologia vem antes desse filme aqui, foi gravado na década de 1980 com o nome de "Man Hunter". Devo dizer que, apesar da regravação ser muito melhor, na minha opinião eles deveriam ter feito uma amálgama de algumas cenas.


Mas voltando ao filme em questão, "O silêncio dos inocentes" é um clássico que todos deveriam ver, a dupla Anthony Hopkins e Jodie Foster faz o filme se destacar  entre todos da série, afinal ele não é um clássico por ser "bonitinho".

"Silêncio dos inocentes" é um dos grandes marcos da década de 1990, na minha humilde opinião é claro. Não faz nem 1 mês que eu tirei um fim de semana pra assistir os 5 filmes de uma vez, e posso afirmar, assistir todos em ordem cronológica é incrivelmente perturbador. No primeiro "Hannibal Rising" o ator que faz o Hannibal (Gaspard Ulliel), conseguiu mostrar o porque foi escolhido.

Sinceramente: assistam todos os filmes da série. (se conseguirem, leiam os livros)


Sinopse: Agente do FBI (Jodie Foster) destacada para encontrar assassino que arranca a pele de suas vítimas. Para entender como ele pensa, ela procura um periogoso psicopata (Anthony Hopkins), encarcerado sob a acusação de canibalismo.


[B&C] 300 de esparta



- This is madness!
- Madness...? THIS IS SPARTA!


Ok, quando o filme foi lançado sempre era possível encontrar algum zé ruéla pra soltar um "This is Sparta" bem no meio da tua orelha. Mas convenhamos, o filme escorria testosterona pela tela, fora todos aqueles efeitos em CG (computação gráfica).


Na saída do cinema, como de praxe, tinha alguém com um "This is Sparta" na ponta da língua, mas pior, quando essa frase já tinha ficado "manjada", já tinha nego usando o "Raul, raul, raul".


Sinopse:480 A.C. O rei persa Xerxes (David Farrar) colocou seu enorme império de escravos para esmagar um pequeno grupo de estados independentes gregos, que eram o único reduto de liberdade ainda existente naquela época. Xerxes contava com a desunião da Grécia para vencer a guerra, mas o famoso guerreiro Leonidas (Richard Egan), o rei de Esparta, e o grande orador Themistocles de Atenas (Ralph Richardson) viram que a união era a única força capaz de derrotar Xerxes. Eles fazem articulações para unir o povo grego, mas ficou claro que isto só aconteceria se os espartanos marchassem primeiro. Leonidas, mesmo sendo rei, precisava da autorização do conselho, que só liberaria o exército espartano após as festas religiosas. Leonidas resolve não esperar e marcha só com 300 guerreiros, que compunham sua guarda pessoal, que não precisava da autorização do conselho. Eles vão para as Thermópilas, que geograficamente dificultaria os exércitos de Xerxes.

 Como bom nerd que sou, eu vou disponibilizar o link para as revistas que deram origem ao filme.


[B&C] Senhor dos Anéis


Senhor dos Anéis foi uma das trilogias mais rentáveis dessa década, fala sério, se destacou em vários aspéctos, música, efeitos especiáis, atuação, se começarmos à falar da trilogia não paramos mais.

É claro que a trilogia não agradou gregos e troianos, como sempre teve algumas pessoas (nerds mal amados ) que esqueçeram que  no cinema tem horário limite e não dava pra por as 3 bíblias da série em apenas 3 filmes. Se bem que convenhamos, o último filme do Harry Potter vai ser dividido em 2 partes, bem que podiam ter feito isso com Senhor dos Anéis também. Mas, por outro lado, teve um bando de gente que reclamou que o primeiro filme dava sono (e dava mesmo), e só se salvava por causa das cenas de ação (e como salvava *_*).

Enfim, é uma trilogia (poderia ser hexalogia fácil...) memorável e as versões extendidas ajudam mais ainda no sucesso. Quem não viu (você existe?), veja a versão extendida logo de cara, assim tu não dorme no primeiro, e quem já viu, cara, maratona de fim de semana JÁ.


[B&C] Psicopata Americano



Psicopata Americano é um filme que tenho que reassistir pra não falar o que não devo, vai que eu dou spoiler pra quem não viu, aí eu sou cruzsificado.


Bom, mas esse filme é sem dúvidas um dos filmes que não deve faltar na tua prateleira (ou na pasta de filmes do teu HD... ).


Sinópse: Patrick Bateman (Christian Bale) jovem, branco, bonito e sem nada que o diferencie de seus colegas de Wall Street. Protegido pela conformidade, privilégio e riqueza, Bateman também um serial killer, que vaga livremente e sem receios em busca de uma nova vítima. Seus impulsos assassinos são abastecidos por um zeloso materialismo e uma inveja torturante quando ele encontra alguém que possui mais do que ele. Após um colega dar-lhe um cartão de visitas melhor que o seu em tinta e papel, a sede de sangue de Bateman surge e ele aumenta ainda mais suas atividades homicidas, tornando-se um perigoso e violento psicopata. 


O buteco e o cinema



Se você, assim como eu, lê o blog "O buteco da Net" deve ter visto o post "Você é bom cinéfilo e observador? Então descubra…", devo admitir que me perdi em um filme e teve um outro. Mas não tô aqui apenas para dar as respostas, tô aqui para falar sobre os filme em sí, afinal eu adoro um bom filme e nos últimos meses tenho me empanturrado de filmes, sejam eles bons, ruins ou até mesmo péssimos ("Crepúsculo" o que? ).

 E nem tem o que falar dessa lista de filmes, afinal são todos muito bons, vai de "American Psycho" até "Ultimatum Bourne", só filmão. Agora vamos lá, pequena série de 17 posts falando dos filmes que estão lá no post, e sim, eu vou seguir na ordem, até já achei sobre alguns deles no Omelete, outro site que eu recomendo à todos!


[Download] Paradox BBC Serie




Anteriormente eu postei sobre essa série, tá falei coisas legais sobre uma série nova, porém eu não postei a coisa que todo mundo que ficou curioso queria, que é o link para baixar o episódio piloto da série.


Bom, pra me redimir estou postando um link de onde vocês acharão vários links para baixar esse episódio.

Por que vários links?

Oras, se um falha ou se já estiver baixando do mesmo servidor, você escolhe outro link e beleza, assim você evita ter que esperar terminar um para baixar outro. Isso serve principalmente para o povo que tenta baixar pelo rapidshare, mas não consegue porque não é premium.


Os Links: ALL Downloads NET.


Nota: Acho que tá explícito no post, mas só pra garantir: ESSES LINKS NÃO SÃO MEUS.
 

Ursinhos nem tão carinhosos

Você deixaria seus filhos assistirem esse desenho hoje em dia?? o_O"



Cthulhu for President


Nas minhas indas e vindas pela internet eu achei uma imagem do Cthulhu que me chamou a atenção, essa tal imagem é a original da imagem acima, eu apenas a adaptei para o nosso saudoso país, que apesar de belo e ter uma porrada de coisa boa, é infestado de políticos que a única habilidade é roubar.

Bom, se é pra escolher o mal, por que não escolher o maior de todos, o grande Cthulhu? Espera, não sabe quem é ele? Dá uma olhada aqui.

Link pra imagem original: http://www.hollow-hill.com/sabina/images/cthulhu-4-prez.jpg.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Yes, I tweet!



Não via muita utilidade nele anteriormente, mas não é que acabei achando!? Poxa, graças à ele e aos RT das minhas postagens, Os Paradoxos tá crescendo \o/

Ok, não vamos dominar o mundo, nem nada disso, mas agora tem mais pessoas lendo o que eu escrevo (nem tudo, mas é algo). Mas enfim, quem estiver afim de me seguir no twitter e acompanhar por lá as novas postagens e RT's, o meu twitter é @wvicente.

O interessante do twitter é que ele parece um rss pocket version, mas você também pode seguir por rss as pessoas do twitter... o_O"

Não sei o que estavam pensando quando inventaram ele, mas que funciona funciona.


Lobo Está Morto!



Nessa edição o maioral já sem nenhum puto, resolve pegar um trampo onde ele só tem que ir pra Dooley-7, "Um mundo excelente para se visitar", e acabar com a raça de outro mercenário chamado Loo. Chegando lá, após fuder com a vida outros mercenários que estavam lá para conseguir informações sobre o Loo, o maioral é atacado por ninguém menos que o próprio Loo e seu irmão (irmão do Loo... dã). Agora morto o maioral vai destruir o céu e o inferno para poder retornar pro corpo dele.

Essa é uma das memoráveis histórias onde o que não falta é palavrão e sangue, totalmente desaconselhável contra moralistas e religiosos, pois até mesmo a noção de religião e deuses são deturpadas nessa história.

Recomendo à todos que curtem as histórias do Lobo, essa realmente é uma história que vale a pena comprar pra deixar na estante. Abaixo seguem os links para as revistas.

F.A.R.R.A.: http://www.forum.clickgratis.com.br/farra/t-2332.html#4396


Paradox BBC Serie




No dia 24 do mês de novembro a emissora BBC lançou um seriado chamado "Paradox", nele temos o elemento mais comuns em viagens no tempo: "Tentar evitar que algo aconteça". No primeiro episódio temos o Dr. Christian King (Emun Elliott) um físico que no meio de suas análises das manchas solares recebe um download de 8 imagens que fazem parte de um quebra-cabeça de um terrível acidente que irá acontecer. Na tentativa de evitar que isso aconteça ele entra em contato com a equipe de polícia requisitando um detetive que seja "inteligente" e que tenha "imaginação fértil" (sim, parece aqueles descritivos de site de namoro... ^^), onde o departamento envia a D.I. Rebecca Flint (Tamzin Outhwaite), no começo Rebecca e sua equipe ficam meio desconfiados, porém com o passar das horas eles começam a perceber que todas as peças do quebra-cabeça são reais.

Em todos os lugares que lí sobre esse seriado, ví mais comparações dele com Minority Report do que com um filme que mais cai como uma luva, o bom e velho "12 Macacos" com Bruce Willis. Confesso que se nunca tivesse visto ou ouvido falar do "12 Macacos" eu também compararia a série com Minority Reporte, graças ao plot de  "Equipe de policiais tentando evitar que eventos futuros aconteçam".


Twelve Monkeys (1995)- Original Theatrical Trailer

Comparando "12 Macacos" com "Paradox" da BBC, temos uma comparação mais sincera, principalmente com o que o primeiro episódio deixa claro, ele nem sempre poderão alterar os eventos que são narrados nas fotos, principalmente por não terem nada de concreto, apenas possíveis horas e datas para o acontecimento, já no "12 Macacos" temos quase isso, a única diferença é que não é uma equipe de policiais, é apenas James Cole o personagem de Bruce Willis que é lançado pelo tempo para tentar evitar que um vírus letal seja lançado na atmosfera.

Em ambos os casos temos a Síndrome de Cassandra que podemos resumir dizendo apenas que quem sofre da síndrome de cassandra, alega saber o futúro mas não pode fazer nada à respeito, o que me lembra automaticamente da cena do vaso do filme Matrix.

Matrix: Neo e o Oraculo
Analisando todos esses aspéctos das previsões do futuro e viagens no tempo, sempre ficamos preso em um labirinto de questões que nos causam grandes dores de cabeça, como essa proposta pelo Oráculo que pergunta pra ele se ele teria quebrado o vaso se ela não tivesse dito nada. Pois é, Paradox é mais uma obra televisiva que está aí da dar dor de cabeça aos produtores e roteiristas, caso eles não saibam trabalhar com esse enredo, que convenhamos é muito fértil, eles podem acabar como o pessoal do Flash Forward que mal começou e já tá mal das pernas.

Vou parar por aqui, pois posts muito longos ninguém lê, mas eu prometo que vou tratar mais profundamente sobre os aspectos de viagens e viajantes do tempo e também dessas previsões do futuro.

=========================
Carpe mother fucker Dien!
=========================

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Busca Steampunk



Para os entusiastas do mundo Steampunk que conheçem o site do Conselho Steampunk e os seus filhos, como a Loja São Paulo e Loja Rio de Janeiro, vocês devem ter percebido que esses sites são BEM recheados de informações e muitas vezes acabamos mergulhando tão fundo que acabamos sempre encontrando mais informações do que esperávamos. Nessas ocasiões estamos tão entretidos com a exploração que acabamos lembrando do conteúdo, mas não do link.


Pensando nisso os sites têm os botões de pesquisa que sempre nos ajudam à procurar  por um conteúdo em expecífico. No post anterior sobre Steampunk, em homenagem ao evento Fantástica Jornada Noite Adentro III, criei e hospedei um plugin para Internet Explorer e Firefox que ajudava na pesquisa no site da Loja São Paulo.

Como muitas pessoas gostaram do plugin, eu resolvi facilitar a vida não só dos Paulistas (Loja São Paulo), mas também a vida dos Cariocas (Loja Rio de Janeiro), dos Gaúchos (Loja Rio Grande do Sul) e de todo mundo que acessa o site do Conselho Steampunk.

Assim como no post anterior, o seu browser já deve ter encontrado os plugins de pesquisa, mas se não detectou, basta clicar nas imagens correspondentes de cada site para adicionar os plugins de pesquisa.

 Conselho Steampunk
 Loja Rio de JaneiroLoja São PauloRio Grande do Sul
====================
Joguem mais carvão para a caldeira!
====================

Promoção Google Wave


Agradeço a participação de todos na promoção, e os meus parabéns ao @dogget2000 que foi o grande campeão da promoção!

Ainda tenho alguns convites sobrando, mas nem vou sorteá-los por enquanto, vou deixá-los em espera e ver se vai chegar mais convites.

Até a próxima!

Pulp Mother Fucker Fiction


Sinopse: Três histórias são apresentadas de forma não cronológica ao público. Em uma, conhecemos Vincent Vega (John Travolta) e Jules Winnfield (Samuel L. Jackson), dois mafiosos que devem fazer uma cobrança, que termina em chacina e com uma violenta seqüência no carro. Em outra história, Vincent deve levar a mulher de seu chefe (Uma Thurman) para se divertir enquanto ele viaja, mesmo com todos os boatos que rodeiam o caso. Por último, conhecemos Butch Coolidge (Bruce Willis), um boxeador que deve lutar em um combate com vencedor pré-definido, mas que surpreende a todos, vence e foge com o dinheiro da luta para provar o seu valor, sendo perseguido logo após.

Se você só conhece Quentin Tarantino por causa das últimas obras dele como por exemplo Kill Bill vol. I e II, e o mais recente Glorious Bastards, você TEM que assistir Pulp Fiction, pois é um dos filmes que ficaram marcados na década de 1990 e ainda ajudaram à ele impulsionar a carreira dele.


Este filme teve tanto impacto nas pessoas que ainda hoje algumas sitações sobre o mesmo são utilizadas, assim como o trecho da bíblia que é falada por Jules Winnfield, personagem de Samuel L. Jackson (ultimamente conhecido como Nick Fury), que você pode conferir aqui na cena abaixo que é uma das mais famosas do filme.



Neste filme você tem grandes nomes de Hollywood, como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis e Uma Thurman. Pro cast completo clique aqui.


Nesse filme a gente não encontra o famoso "chuveiro de sangue" e nem cenas propositalmente trash apenas para amenizar o que está acontecendo, ou seja, não se parece nada com o Tarantino de hoje em dia, na verdade muita gente que conhece o Tarantino à mais tempo que eu, odeia essas coisas novas dele, tanto que eu ouvi de uma amiga: "Enquanto eu assistia Glorious Basterds eu acreditava que ele tinha voltado, que Tarantino tinha voltado à fazer filmes da qualidade de Cães De Aluguel, mas quando chegou da metade pra frente, percebi que não.".


Na minha opinião Glorious Basterds foi um filme muito bom, mas realmente só até a metade pareceu o Quentin de Pulp Fiction. Mas, para concluir, eu recomendo que assista este filme e tire suas próprias conclusões, pois não é um filme que você vá se arrepender (a não ser que você seja fã de Crepúsculo, hehehe).

====================
Carpe Mother Fucker Diem
====================

Usuários e o medo do open source

Não estou aqui pra iniciar nenhuma flamewar, nem mesmo pra cutucar ninguém, esse artigo serve apenas para mostrar que as pessoas não precisam ter medo de nenhum software livre, muito pelo contrário, deveriam apoiar ele pois quando comparamos um software que é criado com um grupo de pessoas que compartilha o código, com um software fechado onde o código é fechado à sete chaves, nós nos encontramos em alguns dilemas, e são esses dilemas que geram todos os medos.

Medos mais comuns:

1. Suporte ao produto.

Sempre que entro em uma conversa sobre software livre, o primeiro argumento que ouço é: "Software livre não tem suporte". Mas au contraire mon ami, é muito mais simples você conseguir suporte ao software livre do que ao software fechado, pois vamos analisar isso de forma óbvia:
  • Seu windows é original?
    • Sim!
      • Então é só ligar na Microsoft e pedir suporte! Yey \o/
    • Não?
      • Ligue pra algum técnico que tenha, ou não, certificado da Microsoft e pague, caro, pelo suporte.
      • Peça ajuda pra um amigo e seja cobrado, ou não, pela ajuda.
      • Entre em algum forum e peça ajuda, você será maltradado, ou não, pelas pessoas que sabem mais, mas aprenderá, ou não, à resolver seu problema sozinho.
O exemplo acima serve pra qualquer software fechado. Agora, ainda dentro desse item, vamos pensar como empresas, "Por que eu prefiro windows?". A resposta é clara e direta, porque eu acho muito mais profissionais que "sabem" mexer no windows do que no linux.

Isso era uma verdade à uns 10 anos atrás, hoje em dia o que ainda continuar raro é encontrar alguém que diga que dá suporte à apple, mas isso é outro caso. Já é comum você encontrar pessoas que sabem dar suporte ao linux, e o mais incrível, é que mesmo as pessoas que não entendem muito de linux fazem um trabalho bem menos porco que os que se dizem técnico de produtos da Microsoft.

Em nenhum momento estou desmerecendo pessoas que se esforçam pra conseguir um MCP, muito pelo contrário, essas pessoas são grande alvo de minha admiração assim como as pessoas que se esforçam para conseguir um LPI. Em ambos aspectos o esforço é reconhecido no mercado.

2. Estabilidade e segurança.

Coloquei os 2 itens juntos por estarem ligados, pois a estabilidade e segurança de um software fechado é medida dentro de ambientes controlados, ou seja, dentro do ambiente onde ele é desenvolvido ele funciona muito bem. Quando lidamos com software livre, pessoas com N máquinas diferentes, com hardwares mais potentes ou muitas vez bem antigos, testam o software e trocam informações avisando que deu problema na máquina deles, ou que funcionaram muito bem.

Desenvolvedores em vários ambientes diferentes testam o software livre e contribuem para a melhoria na parte de segurança e estabilidade, ou seja, ao invés de você ter um grupo fechado de pessoas dentro de uma empresa se emprenhando em desenvolver melhorias para o software, você tem um grupo amplo de pessoas que cresce na medida que o software ganha fama, ou seja, quanto mais conhecido o software, maior é a quantidade de pessoas que reclamaram, agredeçeram ou até mesmo ajudaram a desenvolver melhorias para o software.

Não é incomum encontrarmos falhas em softwares livres e em softwares fechados, mas é incomum encontrarmos correções realmente efetivas em softwares fechados, pois no exemplo mais clássico de todos, os service packs dos windows lançados até antes do windows 7, sempre corrigiam falhas e abriam outras. Correções em software livre raramente abrem novas falhas, pois, apesar dos softwares serem desenvolvidos por pessoas espalhadas pelo mundo, esses softwares tem uma ou mais pessoas que mentêm o código, ou seja, ela(s) que está(ão) responsável(eis) pelas alterações oficiais no código, e sempre mantendo os agradecimentos devidos às pessoas que ajudaram a melhoras o código.

3. Facilidade de uso.

Esse nem pode ser dito como um medo, é mais uma aversão quanto ao software mesmo, pois eu considero o meu Debian Lenny muito mais bonito e fácil de usar e instalar que todos os windows, incluindo o 7. Essa tal facilidade é mais o medo de coisas novas, medo de tentar e não conseguir, afinal se trocar a cor do capim, o burro morre de fome.

Ainda lembro quando o menu do Windows XP era considerado estranho e inadequado, hoje em dia as pessoas nem trocam ele para o menu clássico apenas por acharem mais difícil de achar as coisas.

Assim como existem N motivos para uma pessoa usar Windows, existem mais N motivos para usar Linux. Eu já fiz a experiência de formatar o pc de uma pessoa e colocar um Linux com a cara do Windows XP, a pessoa provavelmente morreria sem saber que era linux se não fosse o fato dela tentar instalar o novo msn messenger e não conseguir.

Pois é, a facilidade está no costume, e não no software, eu gosto de sistemas rústicos, por isso eu odeio a porrada que facilidades do meu KDE. Se as pessoas parassem de ter medo do que é diferente, veriam que o linux tem muito mais efeitos de cores, muito mais widgets, muito mais repositórios de softwares, tudo isso com a vantagem de serem, em sua grande maioria, grátis.

===========================

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Movimento Steampunk



Quem é antenado no movimento Steampunk aqui no Brasil, já sabe que hoje à noite tem o evento Fantástica Jornada Noite Adentro III, mas quem não sabia vai xingar a minha mãe por não ter dito antes.


Mas, arrependimentos à parte, em comemoração à esse evento eu criei e hospedei um plugin de busca para a Loja São Paulo do Conselho SteamPunk. Este plugin faz pesquisas diretas no site da loja são paulo e fica acoplado no seu browser, assim como o plugin do google, youtube, wikipedia e outros.


O seu browser já deve ter encontrado ele sozinho, mas caso não tenha,  clique aqui e adicione o plugin de pesquisa no seu browser favorito, pois ele funciona tanto no Internet Explorer como no Firefox.





#steampunk

Muppets Raphsody

E para quem tem saudades dos de Caco e sua turma, aí vai um vídeo dos Muppets cantando Bohemia Raphsody do Queen. Sinceramente ficou muito boa, confiram aí:



Boa sexta!