sexta-feira, 12 de novembro de 2010

If I'm still alive

Oh, yeah eu continuo vivo paradoxianos!!

Quem me conhece do outro blog conhece meu lado lascivo, conhece meu lado romantico, acho que conhece até meu lado piedoso. Sinceramente, estou em uma fase bem estranha... mas vou só dar uma simples passada por cima por que o que eu tenho pra dizer é mais importante e além do mais, acho que estou devendo o meu lado humano pra vocês.

Resumindo, gosto de uma pessoa que acho que gosta de mim, mas fiz muita merda e agora ela não acredita nas verdades pois todas soam como mentiras, pra piorar as coisas ficam mais complicadas quando chega na minha irmã de consideração, justamente pelo de uma influenciar a outra. Ok. tô fudido... mas...

Se eu continuo vivo, vou fazer aquilo que me faz bem, vou fazer aquilo pra fazer com que eu me sinta bem comigo mesmo, ou seja, vou continuar regurgitando as minhas palavras por escrito aqui e vou entreter quem ainda quer algo que precise ler mais que 2 comentários.

Acho que se você chegou até aqui, você não tem preguiça, ou seja, posso começar à falar as coisas sérias! ;-)

Estar vivo é mais que respirar, é mais que ter um coração pulsando, é mais do que se mover! Estar vivo é aproveitar as coisas de verdade, aproveitar cada momento propício para algo que você quer, para o que você deseja.

Sei que parece um aval para trair seu namorado(a), mas não é, na verdade isso é um aval para você largar o que te deixa mal e abraçar o que te faz bem, mas preste atenção, as vezes as coisa que te fazem mal são coisas que no fim de farão bem, ou pior, são coisas que você quer acreditar que fazem mal.

No fim das contas, você precisa acreditar no seu coração quando ele te disser o que fazer, pode não ser o mais certo, mas ele é o seu melhor amigo...

Bom fim de semana à todos.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Explicando minhas ex.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

New dawn, new day

Apesar de todo dia ser um novo dia, tem dias que as coisas simplesmente são diferentes.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Moral

Filhos bastardos de uma puta demente, que teve a ótima idéia de colocar mais um parasita no mundo, vocês devem estar pensando que eu me excluo do grupo certo? ERRADO!
Se existe algum vácuo moral aqui, este sou eu, e tenho orgulho disso, por que a moral é uma piada, um jogo de leis criadas para deleitar esses moralistas, que estão muito satisfeitos com o quão virtuosos eles acreditam ser... UMA DAS MAIORES PIADAS DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE! PURA HIPOCRISIA E FILOSOFIA VÃ E TOLA É ISSO QUE SÃO!

Esses imbecis desgraçados ficam se preocupando com a forma que as pessoas levam suas malditas vidas, metendo-se, demonstrando o quão seu senso moral e sua ética os torna superior, enquanto na verdade, eles não passam de pessoas presas em jaulas criadas pela sociedade, uma lobotomia direcionada. Graças a esse tipinho de filho de uma puta, o ser humano esqueceu uma característica importantíssima que possivelmente, é sua característica mais importante! LIVRE ARBÍTRIO! LIBERDADE DE PENSAR E AGIR DA FORMA QUE QUISER!

PORRA! Por que ninguém tenta agir um pouco por sua própria vontade, e para um pouco de se preocupar com o que os outros hão de pensar sobre as merdas que pode estar fazendo é tão elementar, que chega a ser ridículo.

Certa vez, um professor meu de Sociologia, disse “Para mim não faz a menor diferença, se vocês estarão roubando, matando, metendo, dando o rabo, ou que quer que vocês decidam fazer, contanto que vocês tenham consciência do que estão fazendo, e que estejam fazendo pela sua própria conta e risco” ESSA FOI A MAIOR VERDADE (e provavelmente única que realmente serviu para alguma coisa) QUE JÁ OUVI DENTRO DE UMA SALA DE AULA!

Você moralistazinho de merda que possa estar lendo meus testículos (e tomando paulada na cara), deve estar pensando consigo mesmo “Ah, mas se todos agissem de acordo com o seu livre arbítrio sem a moral, o mundo seria um Caos” E aí eu respondo pra você com um longo e sonoro “VÁ TOMAR BEM NO MEIO DA OLHOTA DO SEU CU!” Sabe por quê? VOCÊ TÁ ATRASADO ALGUNS SÉCULOS RAPAZ, ESSA PORRA TODA JÁ É UM CAOS!

E outra, para e pensa seu grandessíssimo lesado, essa porra toda tá assim, por advento destes parasitas chamados humanos que infestam o mundo! Esses bastardos de merda, que fodem a porra toda à séculos, que estão aqui a um ciclo terrestre e já acham que são o dono da porra toda! O CARALHO! NINGUÉM É DONO DE PORRA NENHUMA! E É EXATAMENTE ESSA A MERDA QUE DOMINA O MUNDO!

O Capeta humano, por ter intelecto superior (ou pelo menos deveria ter, eu tenho as minhas dúvidas) acha que é o dono de alguma coisa, só por que ele está apto a dominar, isso não significa que ele tem algum direito sobre porra nenhuma, ou pelo menos não deveria significar. Mas nós somos humanos, e o egoísmo, a cobiça e a sede de poder, sempre falam mais alto, afinal que outra espécie ia queimar outros de sua própria só por ser de outra cor, ou por agir de forma diferente (eu ia dizer pensar, mas o ser humano é o ser mais estúpido da face da Terra, e é muito claro que o seu raciocínio é instintivo e lógico como de qualquer animal, só funciona de forma mais complexa, e por esta complexidade acaba sendo muito mais propício os atos mais ridículos e absurdos que um ser vivo ”pensante” poderia cometer).

Bom, acho que acabei fugindo um pouco do assunto então vou ser direto agora para terminar esse post. Moralistas, puritanos, e todos vocês que se prendam a qualquer tipo de regra criada pelas leias éticas humanas, ou pior, religiosas, está com uma mente do tamanho de um quark, e não adianta ter um intelecto enorme se sua forma de ver o mundo é tão pequena, este foi o erro de Fausto que o fez vender a alma ao demônio, para poder viver! Então vocês que tem essa mente tão minúscula, tentem viver suas vidas e parem de se prender em coisas tão efêmeras, por que a vida tem muito a oferecer e se prendendo a qualquer coisa, você perde muito, então faça um favor a si mesmo e viva! Como já dizia System Of A Down:

“When you lose small mind you free your life”

Mais uma coisa, mil desculpas ao amigo Mad Hatter meu grande camaradinha, acho que tenho deixado ele na mão! (saca? uhAUHAuhAUHa) Mas postarei com mais frequênica, juro, palavra de Chapolin! hehe

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Ingênuo ou Mentiroso

"Qualquer homem que diz que entende as mulheres é ingênuo ou um mentiroso"
Ao tentar entender "as mulheres", os homens tendem à generalizar e acabam sempre indo para os dois itens básicos para "conseguir uma garota": dinheiro e beleza. Isso não é algo para se aplicar à todas as mulheres, afinal, quem nunca viu um cara feio e sem grana com uma mulher bonita? Parece algo de dar nó na cabeça, mas é algo até simples de entender se você estiver disposto.

Se as pessoas generalizassem menos e tentassem entender mais a pessoa em sim, tudo seria mais simples para ambos. Sempre vemos pessoas não clamando não entender o que se passa na cabeça de seus conjugues, sinceramente isso chega à ser engraçado pois as pessoas querem tudo na mão e não se esforçam pra tentar entender o porque de tal pessoa estar discutindo com ela, ou porque ela está te ignorando, ou porque raios ela está tão seca com você.

A resolução de problemas de relacionamento é um caminho de duas vias, você tem que analisar o que você fez de errado e também ver o que a pessoa fez de errado, se você conversar de verdade com a pessoa você vai perceber que muitas das brigas se dão por besteira. Muitas vezes você não reparar que ela cortou as pontas do cabelo podem desencadear uma guerra sem precedentes, mas nessa hora cabe à você acalmar ela. O mesmo serve para elas, alguns homens não sabem demonstrar sentimentos, acho que alguns até ignoram a existência deles, mas isso não quer dizer que não façam nada para te agradar, afinal, o segredo está nos detalhes.

Relacionamentos são como uma grande balança extremamente difícil de ser equilibrada, se você não dá presentes à ela: você não liga pra ela; se você dá presentes demais: você acha que ela é uma pessoa que você pode comprar; se você não dá atenção: você não liga pra ela; se você dá muita atenção: você é grudento. Isso sem falar no fato que se você mimar ela demais, no primeiro momento que você parar com os mimos: você tem outra.

domingo, 29 de agosto de 2010

Grandes falhas: FALTA DE COMPROMETIMENTO

Yeahp, mais uma vez venho aqui criticar algo ou alguém, mas já pra não perder o costume, vou me criticar logo de cara, sim, eu sei que isso dá no saco e não nada legal queimar o próprio filme assim na internet, mas se formos pensar bem, as melhores críticas são aquelas verdadeiras, essas que te fazem pensar na merda que você está fazendo e precisa parar ou, como nesse caso, começar.

Quando eu digo falta de comprometimento, eu já quero deixar bem claro aqui no começo que, estou dizendo daquelas grandes idéias que acabam sempre morrendo no papel justamente porque nosso comprometimento com ela chega à ser apenas fictício, ou seja, a gente diz que quer fazer mas não move nem um músculo. Pois é, estou assim com uma porrada de projetos, sempre protelando ou negando à existência de algum, sempre jogo a culpa na falta de dinheiro, mas não é verdade, acho que no fundo é o grande medo de dar errado, afinal, os únicos projetos que eu fiz dar certo foram os das empresas que eu trabalhei, os meus mesmo estão todos na geladeira, e por isso estou revendo os meus conceitos.

Acho que você deve ter alguns aí na geladeira também, muitos apenas por pura preguiça de mover um dedo para isso dar certo, então porque você não faz como eu e começa à analizar o que esses projetos realmente significam pra você. Sei que é frustrante sentir que uma grande idéia não vai crescer nem 1% do esperado, mas calma, isso é fruto do seu medo, hoje em dia até as idéias mais idiotas estão gerando lucros justamente porque o povo gostou e ninguém fez antes, ou se fez não fez de um jeito que o povo gostasse.

Se quer que algo dê certo, recomendo que você se foque em um grupo específico e depois vá juntando itens que agrade diferentes grupos, essa é uma idéia que se levada à sério você pode descongelar alguns dos projetos justamente pra ver se dá certo. Que tal subir aquele site que você acha uma puta idéia mas que ninguém vai gostar como você gosta? Sabe, o twitter não é a melhor ferramenta, nem a mais genial, mas muita gente usa, muita empresa hoje em dia tem um twitter, e no fim das contas 140 caracteres fazem a diferença hoje em dia.

O mundo está cheio de bares, e sempre um tem algo que te faz gostar mais dele do que de outro, certo? Se sua idéia é abrir um bar, por que não se foca no grupo de pessoas que você quer que frequente? Se o problema for grana, você tem muitos meios de conseguir crédito hoje em dia! Se for localidade, bom... isso depende mais do seu público alvo do que dos seus desejos... rs.

Idéias não faltam, dicas não faltam, caminhos para conseguir o que você quer são muitos, o que falta é um verdadeiro comprometimento com a causa. Porque as pessoas só conseguem ser extremistas com religião, política e futebol, mas nunca com os planos que vão fazer real diferença em suas vidas? Seria comodismo? Medo? Preguiça?

Diz aí!?

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Sonhos e Paranoia

Incrível como um sonho pode influênciar no dia, ou até mesmo na vida, de uma pessoa, principalmente se for um sonho extremamente real, sabe aqueles que você sente o cheiro, o gosto e principalmente o toque das coisas? Esses são os que mais podem abalar a mente das pessoas.

Amigos e entes queridos morrendo, a paixão da sua vida se correspondendo, a promoção do trabalho, sonhos assim, quando levemente reais, já levam as pessoas à divagarem sobre o sobrenatural, sobre a existência de uma inteligência superior, comumente chamada de Deus. Esses sonhos sempre fazem as pessoas à penderem para esse lado. Odeio isso.

Você não tem um sonho ruim só porque uma divindade quer que você saiba que alguém vai morrer ou simplesmente ganhar na loteria. Afinal, se realmente há algo do gênero, o que à propósito não há provas de existência, esse tal ser divino tem muito mais o que fazer do que te avisar dessas coisas.

O que me preocupa de verdade nesse lance todo de sonhos é o fato deles se formarem à partir de informações que pré existentes em nossas cabeças, ou seja, coisas que você sabe, coisas que você deseja ou teme, até mesmo aquelas coisas que seu cérebro captou pelo canto do olho mas você não percebeu.

Uma vez conheci um cara que dizia que sabia mais do que deveria sobre coisas que não queria, esse cara era estranho, sempre sentado com um copo de café, um maço de cigarros e um par de olheiras que deveriam ter começado à se desenvolver no útero da mãe dele, afinal ele parecia um panda.

Nunca tinha visto alguém se abalar tanto por sonhos, nem me atrevia à perguntar com o que ele trabalhava, apenas sabia que ele estava sempre de social, mas com a barba por fazer, então posso apostar em algo de escritório mas nada que ele precisasse lidar com pessoas. Ele não lidava muito bem com pessoas, nem sei como a gente conversava, tavez fosse uma paixão mútua por linux e programação.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Deus?

Deixe-me dar algumas informações sobre ele.
Deus gosta de olhar, é um gozador.
Pense: ele dá instintos ao homem.
Ele dá esse dom extraordinário e aí o que ele faz?
Eu juro que, para sua própria diversão, para sua comédia cósmica particular, ele cria regras em oposição a isso.
É a maior piada de todas: Olhe, mas não toque. Toque,mas não prove. Prove, mas não engula...
Enquanto você pula de um pé para o outro, o que é que ele faz?
Ele fica mijando de tanto rir!
Ele é um sacana, um sádico!
É um patrão ausente.
Adorar isso?
Nunca!
John Milton(personagem de Al Pacino) em Advogado do Diabo.

==============================
Boa semana!

domingo, 1 de agosto de 2010

Apresentando quem não se apresentou

Post rápido antes do fim do domingo, só pra apresentar à vocês o autor do post anterior "O que ser? O que fazer?", eu tinha falado para ele se apresentar, mas acho que ele estava com muito pra falar e acabou esquecendo.

Bom, o post anterior foi feito pelo mais novo colaborador do Blog, o Ace (a.k.a. AceOfSpades), agora eu não sou mais o único à escrever aqui (finalmente), sendo assim, como reza lenda, a quantidade de posts irão aumentar o/

Como diria um porquinho conhecido meu: That is all, folks!

O que ser? O que fazer?

Primeiramente, eu sou o trapaceiro desgraçado que resolveu falar um pouco sobre essas merdas, eu à algum tempo tinha resolvido ficar de boa, mas eu estou afogado em um poço de exterco, e mesmo eu ficando cada vez mais habituado com toda essa porra, eu resolvi sair do fundo e ir rpa superficie, pq de qualquer jeito aquilo tudo não deixou de ser o meu lugar, afinal todo mundo está na merda, e todos fazem parte desse mesmo poço de merda.

Quanto ao post resolvi falar sobre a vida, e como ela mete no seu rabo todos os dias!

Eu estive pensativo certa vez, e percebi que a vida se massificou de uma forma tão pútrida e asquerosa, que acabou virando uma porra de uma mercadoria, um maldito valor social, e na boa, vão tomar bem no meio dos seus respectivos cus com suas porras de valores, cada um tem sua vida e cada um tem seu caminho, seus moralistas hipócritas, não vivem e querem dizer aos outros como viver, vão se foder!

Foi então que me surgiram dois questionamentos, que foram o seguinte: "O que ser? O que fazer?"

E aí vai a resposta do amigo da vizinhança.

sábado, 31 de julho de 2010

Essa porra de amor

De tudo que já escrevi sobre essa coisa chamada amor, tenho mais algumas coisas pra adicionar. Sei que muitas vezes pareço contra essa coisa e até pareço um mal amado carente filho da puta nerd que não tem ninguém, mas a verdade é um pouco mais cruel. Eu tenho uma visão bem crua dessa utopia que todo mundo quer.

Sinceramente, amor é uma porra que vale a pena, mas só aquele amor que você consegue manter uma razão, não essa viadagem que todo mundo descreve como uma viagem de lsd no meio de uma suruba dentro de um avião em queda. Amor é uma realidade que faz parte desse lixo que nós somos, é aquela merda que te faz querer perder a razão, fazer uma loucura por alguém que você nem tem certeza que vale a pena, mas realmente é ela que você quer.

O meu grande ódio nessa merda é com as pessoas que simplesmente dizem eu te amo sem amar, e olha que eu já fiz isso várias vezes (sim, eu me odeio também), mas porra, eu sou sincero, tenho certeza do lixo que eu sou, mas mesmo um monstro como eu tem o direito de ser feliz de verdade e é isso que eu quero compartilhar aqui.

Deixem de ser grandes filhos das putas acomodados e sejam mais sinceros com vocês e com as pessoas que vocês estão, afinal, essa merda vale mais a pena quando é real, isso até interfere na boa e velha trepada. Transar com quem você ama é bem diferente de trepar com aquela gostosa por quem você vive descabelando o palhaço.

Porra, se você tá amando: fale pra essa pessoa. Temos uma merda de vida muito curta e se a gente ficar disperdiçando com picuinhas de merda, no fim você vai percerber que nada disso valeu a pena e você perdeu alguém que realmente importa pra você.

Mais um pequeno detalhe antes de terminar, se você é uma pessoa que vive nessa "ahh eu amo essa garota, mas ela nunca me dá bola, só fica com idiotas que vão usar ela.", sinceramente: vai tomar no cú. Porra, larga a mão de ser egoista e diz pra ela a verdade, mostra pra ela que você pode ser melhor que esses outros bostas, e digo "outros bostas" porque você é um bosta também, aceite isso, afinal, se você tá vendo que alguém tá se fodendo, você tem que estar lá presente, esse lance de ter um relacionamento virtual com a garota que você quer é justamente o que ela não quer. Sua vida não é um video game, você não é como os herois do seus jogos e desenhos, e acima de tudo, você não vive a vida se você ficar apenas resmungando atrás de uma tela ou um livro, como eu disse antes: Você tem uma porra de vida que tem de ser vivida.

Posso até ser cruzcificado por isso, mas tudo bem, se vocês preferem se foder e apenas reclamar, essa cruz vai ser apenas virtual e não vai mudar nada. Lembre-se: Você não tem continues nem vidas extras nesse mundo. E antes que venha me falar de alguma religião que tenha vidas passadas: vai tomar no cu e não me encha o saco.


Carpe mothe fucker Diem

Grande pedaço de matéria fecal


Você já acorda cansado, já sabe que estão vindo para cima de você as mesmas merdas diárias. Não importa o quanto você esquive, aquele grande bolo de merda gerado pelo universo vai te atingir e você vai gostar. Não adianta negar, pelo mínimo que o dia de hoje seja diferente de ontem, você sabe, você sente, ainda é o mesmo dia de merda que você tem vivído desde o momento em que teu pai fodeu tua mãe, mas mesmo assim, mesmo com essa grande merda de vida, você ainda se acha o campeão só porque foi o único espermatozoide que conseguiu chegar naquele lixo de óvulo.

A vida é uma merda, e aí você morre. Essa frase é certa, afinal, a gente não vive, a gente sobrevive nessa merda de vida. Não digo que toda essa porra não valha a pena, porque no fim ela vale. Apenas tô dizendo que o seu Deus é um filho da puta com uma pica maior que um elefante que gosta de enfiar ela no teu rabo o mais fundo que você aguentar, e você GOSTA, você pede mais, acha que aquela tora que Deus está enfiando em você é algo que você mereça. Talvez você mereça.

Quanto mais tempo passo fora da minha cidade, mais tenho certeza que todo mundo ama a grande tora divina no meio do rabo. Hoje mesmo ví duas igrejas, novas em folha, uma de frente para outra. Como eu queria ter uma granada, o.k. duas, assim eu enfiava cada uma na bunda de cada "pastor" dessas malditas igrejas e arrancava o pino.

Esses evangélicos estão certos em chamar aqueles caras de "pastores", afinal todos eles não passam de grandes ovelhas que entregam o que tem para garantir um lugar no lugar imaginário que embrulham em papel bonitinho e amarram com suas tripas. Me dê seu dinheiro e eu salvarei tua alma.

Não me entendam errado, eu não sou contra a religião, pelo contrário, eu até apóio essa idéia se isso for o que te ajuda à dormir à noite por medo da morte mas, entenda, eu sou contra a hipocrisía que esses lugares geram.

No fim é igual movimentos políticos, só é bonito na idéia, porque na prática as pessoas fodem com tudo.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Chaotic-Evil

Your result for The Alignment Test...

Chaotic-Evil

22% Good, 68% Chaotic

Plane of Existence: The Abyss, "Plane of Infinite Layers". Notable Inhabitants: Demons.





Examples of Chaotic-Evils (Ethically Chaotic, Morally Evil)




Sephiroth (FFVII)

Jack The Ripper

Baron Vladamir Harkonnen

Blackbeard the Pirate

Cruella DeVille

Khan Noonian Singh

Dr. Evil

The Joker

Professor Moriarty

Lord Voldemort




Actively opposes law, order, good, and all other sissy constraints on doing whatever he or she feels like doing. The stereotypical chaotic evil [person] is the black knight, roaming around on his own, looking for something nasty to do.




Will not necessarily keep their word

Would attack an unarmed foe

Will use poisons

Will not help those in need

Prefers to work alone

Responds poorly to higher authority

Distrustful of organizations

Self-preservation and personal gain are their ultimate goals.

Less inclined to long term planning.



Chaotic Evil "Demonic"

"Destroyer"




A chaotic evil [person] does whatever his greed, hatred, and lust for destruction drive him to do. If he is simply out for whatever he can get, he is ruthless and brutal. If he is committed to the spread of evil and chaos, he is even worse. Fortunately, his plans are haphazard, and any groups he joins or forms are poorly organized. Typically, chaotic evil people can be made to work together only by force, and their leader lasts only as long as he can thwart attempts to topple or assassinate him.



These [people] will commit any act to further their own ends. Chaotic evil is sometimes called "demonic" because demons are the epitome of chaotic evil.



Chaotic evil is power without control, selfishness unfettered by any law.



Alguém tinha dúvidas?
E aí, qual o resultado de vocês?? http://www.okcupid.com/tests/the-alignment-test1

sábado, 17 de julho de 2010

O caminho de Doctor Who


Não vale a pena

A vezes a única resposta que eu encontro é "não vale a pena". Claro que isso normalmente vem seguido de muitas variáveis que, sinceramente, não valem a pena serem citadas.

Todos os seres humanos são potencialmente estúpidos, e eu não estou me excluindo disso, afinal eu também tenho grandes momentos de estupidez, mas o que realmente me encomoda são as pessoas que mesmo estando entres os mais estúpidos em determinados assuntos querem ser aceitos como os mais inteligentes em qualquer assunto que possa ser citado elas pessoas em volta.

Era incrível a quantidade de pessoas assim que eu achei nos meus tempos de escola, sempre tinha aqueles filhos da puta CDF's que simplesmente se achavam as últimas bolachas do pacote, quando
na verdade eram simplesmente uns otários nos acontecimentos da vida.

Hoje em dia existem pessoas que resolveram vestir esse capuz de "eu sou foda", e essas mesmas pessoas simplesmente acham que estão em um estado elevado de consciência. Pessoas mediocres, com vidas mediocres, sem sonhos, sem ambições, simplesmente pessoas que somente servem para ocupar espaço e poluir esse planeta que já está se saco cheio de nós.


Essas pessoas me enojam.

Anos de evolução são disperdiçados por pessoas que teimam em andar na contra mão da evolução, somente mais adubo ou carne de churrasco.

Pouco me importa essas pessoas. Se não querem evoluir, se não querem melhorar as coisas à sua volta, saiam da minha frente eu não tenho tempo à perder com pessoas assim.

Warning

Zero Hora

(In)Felizmente eu esgotei minha fonte de paciência com esse blog, cansei de simplesmente medir minhas palavras, a internet não foi feita pra isso, esse blog não foi feito pra isso.

Tanto faz!

O importante é que vou voltar à usar meu linguajar nada rebuscado, e nada mais de luva de pilica. Tem muito filho da puta por aí que só entende se você fala no mesmo idioma.

Silencioso e delicado como um trator.

terça-feira, 15 de junho de 2010

The Atheist Experience [#578]

Bom, para quem não conhece, o programa "The Atheist Experience" é um programa direcionado a comunidade ateísta do estado do Texas, transmitido por TV a cabo nos EUA, à cada episódio eles recebem ligações de "crentes" que tentam provar à partir de suas crenças a existência de Deus e também outros assuntos de teor moral.
Em mais um ótimo episódio (#578) do programa "The Atheist Experience", o genial Matt Dillahunty tenta convencer um telespectador que tem valores morais superiores ao do deus que ele acredita.[parte da descrição dos vídeos]


Palavras

É incrível como as vezes nós temos muito pra dizer, mas as palavras simplesmente teimam em ficar presas na nossa mente, as vezes podem até escapar pela boca, mas quando as palavras alcançam as mãos, tudo perde sentido e o que você tinha pra dizer já foi consumido por outro pensamento que também custará encontrar o caminho da folha em branco.

Já foi me dito uma vez que grandes histórias morrem antes mesmo ganharem vida, o que realmente é verdade se pararmos para pensar, muitas vezes as cenas estão vivas em nossa imaginação, porém nunca ninguém sequer terá a chance de tentar vislubrar tais cenas, justamente pelo simples fato que a cena nasceu e morreu em nossa mente.

Mundos são criados e destruidos segundo nossos caprichos, no máximo levamos conosco alguns de nossos personagens, e esses tais personagens são muito apegados à vida que nós damos à eles, e por isso acabamos absorvendo essa vida deles e trazendo para nós aquilo que nós tinhamos dado à eles.

No fim de cada ato, simplesmente não temos certeza se estamos interpretando ou se eles nos interpretam, mas estamos sempre esperando os aplausos da platéia que teima em ficar muda.

domingo, 23 de maio de 2010

Hermits United

sábado, 22 de maio de 2010

Guts – Chuck Palahniuk

Inspire.

Inspire o máximo de ar que conseguir. Essa estória deve durar aproximadamente o tempo que você consegue segurar sua respiração, e um pouco mais. Então escute o mais rápido que puder.

Um amigo meu aos 13 anos ouviu falar sobre “fio-terra”. Isso é quando alguém enfia um consolo na bunda. Estimule a próstata o suficiente, e os rumores dizem que você pode ter orgasmos explosivos sem usar as mãos. Nessa idade, esse amigo é um pequeno maníaco sexual. Ele está sempre buscando uma melhor forma de gozar. Ele sai para comprar uma cenoura e lubrificante. Para conduzir uma pesquisa particular. Ele então imagina como seria a cena no caixa do supermercado, a solitária cenoura e o lubrificante percorrendo pela esteira o caminho até o atendente no caixa. Todos os clientes esperando na fila, observando. Todos vendo a grande noite que ele preparou.

Então, esse amigo compra leite, ovos, açúcar e uma cenoura, todos os ingredientes para um bolo de cenoura. E vaselina.

Como se ele fosse para casa enfiar um bolo de cenoura no rabo.

Em casa, ele corta a ponta da cenoura com um alicate. Ele a lubrifica e desce seu traseiro por ela. Então, nada. Nenhum orgasmo. Nada acontece, exceto pela dor.

Então, esse garoto, a mãe dele grita dizendo que é a hora da janta. Ela diz para descer, naquele momento.

Ele remove a cenoura e coloca a coisa pegajosa e imunda no meio das roupas sujas debaixo da cama.

Depois do jantar, ele procura pela cenoura, e não está mais lá. Todas as suas roupas sujas, enquanto ele jantava, foram recolhidas por sua mãe para lavá-las. Não havia como ela não encontrar a cenoura, cuidadosamente esculpida com uma faca da cozinha, ainda lustrosa de lubrificante e fedorenta.

Esse amigo meu, ele espera por meses na surdina, esperando que seus pais o confrontem. E eles nunca fazem isso. Nunca. Mesmo agora que ele cresceu, aquela cenoura invisível aparece em toda ceia de Natal, em toda festa de aniversário. Em toda caça de ovos de páscoa com seus filhos, os netos de seus pais, aquela cenoura fantasma paira por sobre todos eles. Isso é algo vergonhoso demais para dar um nome.

As pessoas na França possuem uma expressão: “sagacidade de escadas.” Em francês: esprit de l’escalier. Representa aquele momento em que você encontra a resposta, mas é tarde demais. Digamos que você está numa festa e alguém o insulta. Você precisa dizer algo. Então sob pressão, com todos olhando, você diz algo estúpido. Mas no momento em que sai da festa….

Enquanto você desce as escadas, então – mágica. Você pensa na coisa mais perfeita que poderia ter dito. A réplica mais avassaladora.

Esse é o espírito da escada.

Elefantes na sala de estar

Sim, eu uso essa expressão, e muito, e como as vezes tenho que explicar o que significa, eu resolvi escrever um texto sobre o que são esses elefantes que nos seguem por aí.


"Elefantes na sala de estar" é nome dado à situações, por muitas vezes constrangedoras, onde os envolvidos tendem à ignorar algum acontecimento em particular na esperança de em algum momento tal assunto deixe de ser um "fardo", ou seja, as pessoas ignoram o "elefante" pra ver se ele vai embora. Basicamente se trata de ignorar um assunto até que todos esqueçam o mesmo.


O que as pessoas esqueçem é que, você pode esquecer do "elefante", mas o "elefante" não vai esquecer você. Na maioria das situações onde o "elefante" é apenas um filhote e não incomoda muito, o efeito de ignorá-lo o afasta por um grande periodo e o mesmo nunca mais retorna. Porém isso não é uma regra, em alguns casos eles voltam mais velhos, grandes, gordos e sem nenhuma vontade de ser ignorado.


Vamos ao exemplo pra ser mais fácil de entender:


Dois amigos esperando na porta do colégio, um deles vê uma mulher se aproximando, ele cutuca o amigo e diz:
- Cara, saca só essa "coroa" que gostosa!
O amigo olha com cara de bravo pra o que acabou de dizer isso e retruca em uma voz desaprovadora:
- Essa é a minha MÃE!


Essa é uma situação de pequeno "elefante", basta ignorar (e provavelmente pedir desculpas... ou não) que logo ele esquece, mas enquanto ele não esquecer o "elefantinho" vai aparecer toda vez que os envolvidos estiverem juntos.


O grande problema dos "elefantes" é que eles não se limitam à "sala de estar", eles são aquela tensão que você sente quando faz algo e todos que sabem estão conversando sobre e param de falar no mesmo instante em que você chega perto. A típica situação que acaba gerando outras situações que se complementam, o "policial de acidente" e o efeito "pingüins do filme madagascar".


Policial de acidente: Aquele policial que afasta os curiosos dizendo "- Não há nada para ver aqui! Circulando! Circulando"

 Pingüins do filme Madagascar: "Sorrie e acene, sorrie e acene"

Situações assim são comuns depois de você beber todas em uma festa ou bar e dar vexame, principalmente se o vexamente envolver você sem roupa. Particularmente eu tenho uma quantidade considerável de "elefantes" que me seguem aos mais diversos lugares, já aprendi à conviver com eles e a grande maioria não precisa ir ao terapeuta pois sempre estou em contato com eles, recentemente andei adicionando uns dois ou três à manada.

Situações constrangedoras sempre existirão, não importa o que você faça, o jeito que você lida com essas tais situações é que importam, elas fazem a diferença entre um surto de consciência pesada ou uma relaxante tarde tomando chá.

Bom fim de semana!

segunda-feira, 10 de maio de 2010

quarta-feira, 7 de abril de 2010

O 11º doutor e os Anjos

Não Pisque!! Preste Atenção!!

Matt Smith o 11º doutor

Sei que o primeiro episódio com o Matt Smith como 11º doutor foi no Sábado dia 03/04, mas só agora que eu parei o que eu estava fazendo para falar sobre o episódio. Sinceramente o Matt fez um ótimo doutor nesse episódio, principalmente pelo fato que ele e a Tardis ainda estavam "cozinhando", ou seja, o episódio inteiro se passa na transição do 10º para o 11º, onde o doutor e a sua nova companheira, Amelia Pond, têm apenas 20 minutos para salvar o mundo.

Acompanhando todos toques finais do doutor, onde ele ainda lembra o 10º (David Tennant) em alguns momentos, mas ainda assim sendo um novo doutor, praticamente uma criança aprendendo à usar o corpo. Tanto é que nas primeiras cenas vemos o doutor aprendendo o que o novo corpo gosta de comer.


Amelia Pond, a nova companheira do doutor é parecida com a Donna Noble, ou seja, uma ruiva mandona e com uma personalidade bem difícil mas, ao contrário da Donna, ela é bem mais jovem. A Amelia conhece o novo doutor logo quando la infância quando ele cai com a Tardis em cima do barracão no jardim dela.

Para quem ainda não viu, aí vai o link do episódio em rmvb legendado: http://linkbee.com/FKHR8 (tá no linkbee, mas vai direto sem propaganda ^^).

Gerônimooo!!!!

Enquanto isso no lhc

conhece o mazaah?

domingo, 4 de abril de 2010

[Trailer] RESIDENT EVIL: AFTERLIFE


Não vou negar que os filmes de Resident Evil foram bons, se não considerarmos os jogos, é claro... Para quem curtiu os filmes anteriores, principalmente pelos efeitos especiais e maquiagem, preparem-se para esse novo filme da franquia (até diria saga, mas... nah).

Para esse novo filme fazer sucesso eles apostaram alto nos efeitos especiais, usaram a mesma tecnologia 3D utilizada em Avatar (Pocahontas Lost in Space) de James Cameron, ou seja, preparem-se para usar os bons e velhos óculos 3D, ahh sinto muito pessoal que tem estrabismo, vocês vão ter que ver no modo normal mesmo...

Pelo jeito o filme promete muito, agora só nos resta cumprirem essas promessas, posso dizer que se formos assistir só considerando a maquiagem e os efeitos, nós vamos ficar bem felizes, porque a história foi pro saco assim que fizeram o segundo filme... Sério, só o Nemesis e a Jill valeram a pena, porque o pessoal da S.T.A.R.S. morreram rápido demais pro meu gosto... caramba, eles eram os S.T.A.R.S.!! E o Nocholai!? Gente... o Nicholai do Resident Evil 3 não ia morrer daquele jeito nem phodendo!!

Bom, vamos deixar de papo e mostrar o trailer desse novo filme!

domingo, 28 de março de 2010

Separados por um LP


E você está achando que o Nimoy não canta? Saca só o vídeo abaixo!


Leonard Nimoy's Ballad of Bilbo Baggins

O vídeo foi dica do @KarlFelippe.

The 5tory of the 5ecret 5tar 5ystem


O que lhe vem à mente quando você ouve o nome Daft Punk?? Aposto que já vem a música One More Time à mente, mas tudo bem essa foi a música responsável pela explosão da dupla de dj franceses Guy-Manuel de Homem-Christo (nascido em 8 de fevereiro de 1974) e Thomas Bangalter (nascido em 3 de janeiro de 1975). O que pouca gente sabe é que, não apenas a música One More Time, mas também todas as músicas do álbum Discovery fazem parte de uma animação completa muito bem feita pela Toei Animation, sob a supervisão de Leiji Matsumoto.


Interstella 5555: The 5tory of the 5ecret 5tar 5ystem é um longa metragem, em animação japonesa, um filme musical originalmente lançado em 1° de Dezembro de 2003. O filme é a realização visual de "Discovery", um álbum do Daft Punk. Cada clipe do álbum foi animado como um episódio da história de seqüestro e resgate de uma banda de pop interestelar. O filme foi produzido pelos criadores do álbum "Discovery", junto com Toei Animation, sob a supervisão de Leiji Matsumoto. O filme não possui falas e mínimos efeitos sonoros.
Fonte: Wikipédia

Agora para a alegria de todos, trago na integra, direto do youtube, o filme completo dividido em 14 partes, sendo que as partes 13 e 14 são uma só, parece que era muito grande para o uploader deixar em um vídeo só.



Bom divertimento à todos!


One More Time

sábado, 27 de março de 2010

O esquilo do Ethan Hunt

É difícil achar alguém que não assistiu Missão Impossível, onde Ethan Hunt, personagem do Tom Cruise, faz de tudo para poder limpar o nome e descobrir quem foi que matou toda a sua equipe. Para ter uma idéia vejam a cena abaixo.


Agora imagine se o Ethan tivesse um animal de estimação, aposto que o animal que ele escolheria seria esse esquilo do vídeo abaixo!


Já sei qual vai ser meu próximo animal de estimação!! \o/

Enquanto isso no twitter


Programadores... hunf!

sexta-feira, 26 de março de 2010

O que é essa coisa chamada amor?

Não, eu não estou amando, essa é só mais umas daquelas reflexões que fazemos quando estamos com a mente cheia e queremos usar essa energia acumulada pra algo produtivo. Sabe as vezes vemos as pessoas presas em relacionamentos sem propósitos, apenas juntos por não quererem estar sozinhos... isso é tão frustrante.

Pessoas tendem a resumir o amor à algo intangível que nem os melhores poetas conseguem descrever. Porém as pessoas tentam definir algo que se deve definir, é como tentar definir a sensação de uma brisa de verão, lógico que quem já sentiu consegue associar rapidamente, mas para alguém que nunca sentiu, como uma criança por exemplo, definir uma brisa de verão é algo complicado se ela não tiver uma base de comparação.

Amor não deve ser definido afinal, quando colocamos em comparação as muitas "definições" do que "é" o amor, acabamos nos deparando com algo bizarro que é "você não me ama o mesmo tanto que eu te amo", claro que não, definições diferentes com apenas concordâncias finais não quer dizer que medimos iguais nossos sentimentos.


Amor não é algo pra se medir, amor é algo que nós mesmo temos que definir, usar frases prontas não nos levam à nada, somente à mais perguntas e pior, podem nos levar à fins de relacionamentos justamente por não ser igual ao que estava descrito.

O amor é simples, nós é que complicamos demais. Sempre estamos atrás daquele amor que define tudo, pelo coral de anjos e pela senação de ter o chão retirado de seus pés. Sim, o amor pode ser isso, mas correr sempre atrás disso é o mesmo que caçar vampiros baseados em filmes e seriados, quando menos esperamos estamos enfiando uma estaca no coração de um gótico em pleno cemitério só porque achamos que ele era um vampiro.


O amor pode ser simples, porém não é fácil de ser achado, no fim das contas você tem que deixar isso acontecer, forçar os acontecimentos sempre estragam as coisas, tome cuidado. Esse tal de amor é um veneno que ninguém sabe dosar, ou é demais ou é de menos, muitos acabam antes mesmo de começar.

Na estrada do amor temos de ter ciência que estamos viajando em uma via de mão dupla, não devemos esperar que a outra pessoa faça tudo por nós, pois nós também temos que fazer algo pela outra pessoa, é um acordo silêncioso que assinamos sem saber, mas devemos cumprir.

Não devemos esperar um mar de rosas nem mesmo um rio de lava, apenas devemos curtir a viagem e lembrar que o segredo está nos detalhes. E realmente, quando se está amando a única pergunta que nos resta é: "Where is my mind?".

quinta-feira, 25 de março de 2010

sábado, 20 de março de 2010

[Astmanproxy] Instalando e configurando

Pra quem não conhece o Astmanproxy é literalmente um proxy entre suas requisições e o manager do asterisk: Asterisk Manager Proxy. Ao invés de você ficar efetuando logon na console e pedindo as coisas, o Astmanproxy faz isso por você. O que muda? Só existe uma vez que é feita o login e é exatamente na hora que o Astmanproxy inicia, ou seja, você carrega bem menos o servidor.

Agora vamos ao que interessa.

Primeiro temos que baixar os fontes dele, para isso precisagemos do git, caso não tenha instalado você pode baixa-lo aqui: http://git-scm.com/download. Caso utilize o Debian, você pode usar o comando:
apt-get install git-core

Dear, it's saturday

Finalmente acabou essa semana do inferno, acho que eu nunca lí tanto manual quanto eu lí essa semana, posso dizer que aprendi mais do que eu esperava.


I see dead pixels.

Estou igual ao garotinho oO"...
Mas tudo bem,é tudo por uma boa causa... meu futuro.

Mas e você? O que você fez pelo seu futuro hoje?
Pense nisso.

quinta-feira, 11 de março de 2010

[Linux] Rodando vídeos sem tirar do RAR

Você, assim como eu, já deve ter ficado puto da vida quando baixa um vídeo compactado, principalmente quando você tem uma conexão de 2Mbps ou mais, e você só queria dar um wget seguido de um mplayer para assistir o seu vídeo.

Bom, seus problemas acabaram, se você não quer ficar descompactando e dando play nos seus vídeos, que tal dar play com ele compactado? Vamos lá!

Tudo se resume ao uso dos Standards Outputs (stdout) e Inputs (stdin), nós só precisamos pedir pro unrar liberar o stdout com a opção p junto com a ocultação das mensagens com a opção -inul, adicionar um pipe (|) e mandar o mplayer ler o stdout com o - . Simples, não? Vamos à receita de bolo:

unrar p -inul nome_do_arquivo.rar|mplayer -

Detalhe, se quiser você pode fazer isso com aqueles arquivos separados em partes (nome_do_arquivo_part1.rar), só que você tem que ter em mente que pra funcionar corretamente tem que ter todas as partes, se não assim que terminar o conteúdo da part1 ele vai parar o filme. Em outras palavras, faça isso à partir do segundo arquivo hehehehe

Boa tarde à todos o/

quarta-feira, 10 de março de 2010

FODA-SE!


Fodam-se vocês que não querem aprender e preferem ficar mamando nas tetas secas do governo e ainda por cima falarem mal! Odeio gente que reclama da situação e não faz nada pra mudar!

Ficar coçando o cu todo mundo quer, mas estudar que é bom ninguém quer!? Por isso que vocês estão "Atoladinhos" no "Rebolation" do dia à dia!

"Funk" You!

E tenham um bom dia.

segunda-feira, 8 de março de 2010

E nessa madrugada


Nosso amigo Pedobear foi comemorar o dia das mulheres de um jeito... único.
Feliz dia das mulheres ^^

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Devoção ao trabalho

Enquanto isso em um Datacenter:

Traduzi daqui: xkcd

When love is not madness, it is not love


Precisa dizer mais alguma coisa?

Drop your weapons, or I'll kill him with this deadly jelly baby!


Sim, alguém correu atrás de todas as cenas de jelly babies do Doctor Who!


Jelly baby?

Quando a vida faz efeito


Sei que de perto ninguém normal, sei que nem tudo que reluz é ouro, também sei que muitas vezes é melhor pedir ajuda do que tentar resolver as merdas da vida sozinho.

Nesse maldito circo que eu chamo de vida, eu tenho mais facilidade em afastar as pessoas do que atraí-las, por quê? Simples, estar sozinho é bem menos complicado e meu inconsciente sabe disso.

As vezes você só quer ser ouvido, você sempre tem muito o que dizer, mas só vai te ouvir quem você paga para isso, ou não... Sim, existem amigos que podem te ouvir, mas muitas vezes esses amigos não estão preparados para te ouvir, mas sempre estão à postos para te julgar.

E o mais legal, quando você paga alguém pra te ouvir, esse alguém simplesmente decide que você tem sérios problemas e precisa tomar remédio, nessa hora você escolhe entre o remédio e a bebida, os dois nunca são uma boa combinação.

Por fim você descobre que não precisa escolher, basta você escutar a si mesmo, afinal a realidade é sua, basta andar pelas margens do "socialmente aceitável" que ninguém te incomoda.

Só um último aviso, não exagere na bebida, as coisas podem ficar feias se o que tem dentro da sua mente se manifestar de uma forma complicada às pessoas à sua volta.

Ok, agora só mais um copo e vou dormir, as vozes estão falando alto demais hoje.


[HQ] Kick-Ass #8


quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

[Arnaldo Jabor] Seja um idiota


A idiotice é vital para a felicidade.

Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins.

No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele.

Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto.

Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo,soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?

hahahahahahahahaha!...

Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que você não vai ao cinema?

É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí,o que elas farão se já não têm por que se desesperar?

Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não.

Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas... a realidade já é dura; piora se for densa.

Dura, densa, e bem ruim.

Brincar é legal. Entendeu?

Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço,não tomar chuva.

Pule corda!

Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte.

Ser adulto não é perder os prazeres da vida - e esse é o único "não" realmente aceitável.

Teste a teoria. Uma semaninha, para começar.

Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são:
passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir...

Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!

Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora?

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore,dance e viva intensamente antes que a cortina se feche!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

[Humor] Avatar: The Last Walletbender



Futurama é eterno \o/

Alguém viu meus amendoins?



[Piada] Falar correto no lugar errado!


Essa eu acabei de receber por e-mail!

==================================

A moça de família, bem de vida, se preparou toda para ir ao ensaio da Gaviões da Fiel, (o que ela foi fazer lá eu não sei).
Chegando lá, um dos mano suarento e banguela pede pra dançar com ela e, para não arrumar confusão, ela aceita.
Mas o mano suava tanto que ela já não estava suportando mais!
A moça foi se afastando, e disse:
- Você sua, hein!
Ele a puxou, lascou um beijo e respondeu:
- Tamém vô sê seu! Princesa! É nóis na fita!

==================================

Avatar: The Last Airbender



Esse ano lança o filme do Avatar: The Last Airbender (Avatar: O último dobrador de ar),  a internet já tá fervendo com os trailer e com a porrada de gente baixando o anime inteiro só pra poder falar mal do filme (sim, tem gente fazendo isso... -.-' ). Eu já assisti o anime inteiro e sei que o mesmo é phoda, o filme eu vou assistir do mesmo jeito que assisti as últimas adaptações de quadrinhos e livros pro cinema, ou seja, totalmente sem esperanças para dar espaço para me surpriender e poder dizer que foi muito bom.

Bom, pra quem ainda não assistiu o anime, um lugar de onde vocês podem baixar é daqui http://www.brazil-series.com/av/av_intro.htm, recomendado para todas as idades, logo abaixo fiquem com o trailer do filme e tirem suas próprias conclusões.


quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Ninguém Beija como as lésbicas



Ninguém Beija como as Lésbicas
Velhas Virgens
Composição: A. dias / P. carvalho


A gente beija já de pau duro, pensando no escuro, na penetração
A gente beija com a cabeça no futuro, sonhando com o furo a ser preenchido
A gente beija pegando nas tetas, de olho nas metas e nas nádegas
A gente beija já indo pro pescoço, apalpando o dorso, liquidificando o ouvido


Mas elas não...
Ninguém beija como as lésbicas


A gente beija exagerando no abraço, com o nervo de aço pronto pra entrar em ação
A gente beija quase que dirigindo nossa própria película de sexo explícito
A gente beija como roto rooter, violentamente, pra passar pro próximo estágio
A gente beija mordendo os lábios, bancando os sábios, atenciosos como adolescentes


Mas elas não...
Ninguém beija como as lésbicas


Eu quero olhar, eu posso olhar
Eu só quero olhar, me deixa olhar pra vocês
E se quiser nós podemos ser três


Ninguém beija como as lésbicas
O beijo pra elas não é rito de passagem
Não é preliminar, é curtição
O beijo pra elas é o amor completo
É o amor sem táticas
Ninguém beija como as lésbicas
Ninguém beija como as lésbicas

[Texto] Uma nova queda


Não sei o que deu na minha cabeça de ir fuçar no meu Google Docs, mas sei que foi algo estranho encontrar um texto antigo que foi começado por motivos pessoais e ainda está inacabado por motivos pessoais. Agora me foge quem disse uma vez  que "a humanidade as vezes é privada de ótimas histórias apenas pelo fato do autor não ter coragem de escrevê-las", não sei se é boa ou ruim, mas hoje à noite vou terminar esse texto, aí vai o comecinho dele.

=========================================

Essa história começa em um coffee shop ao som do mais puro som de jazz, lá está ele, se martirizando pela vida perdida, pelo ano que carrega nas costas como se fosse sua cruz particular. A cada gole em seu café, quase sem açúcar, ele sente em seu gosto amargo a dor das lembranças de sua alma perdida e escuta seu coração remendado batendo lentamente clamando pela morte eminente.

Ícaro, esse é o nome do pobre rapaz, não havia nome melhor para seus pais lhe darem, pois este nome lhe cai como uma luva já que recentemente ele tentou voar perto do sol e suas asas de cera derreteram o levando a uma queda que não o matou, mas dilacerou seu coração. Mas, Ícaro é tão ambicioso quanto o próprio da mitologia, então ele há muito tempo vem remendando seu coração esperando o sol surgir novamente para ele voar em sua direção, mesmo após sua trágica queda que quase lhe proporcionou a morte.
Na vida de Ícaro, tudo está cinza, nada tem o gosto, o som e nem mesmo a alegria de antes, ele só quer beber para esquecer, por isso ele bebe seu café amargo, pois na noite anterior ele cavou mais sua sepultura bebendo litros de álcool, tequila para ser mais exato, o seu elixir da loucura como assim o chama. Ele não liga muito para isso, mas no momento bebe seu café para se recompor e continuar a seguir seu caminho.

Há momentos na vida de todos em que precisamos nos esconder do mundo, porém este momento nunca tem hora de chegar ou ir embora, ele nos prende, nos sufoca, nos faz querer destruir o mundo para que o mundo não nos destrua, este é o momento na vida deste pobre rapaz, ele está jogado no mundo com seu coração remendado e petrificado, tudo e todos o faz lembrar da dor da queda, do terrível som de seu coração se partindo enquanto caia de seu vôo. Essas dores ele nunca vai esquecer, mas está bem perto de superá-las, pois já faz muito tempo que isto aconteceu, apesar das sombras ainda o acompanharem em sua jornada.

Logo após o último gole em seu café, Ícaro resolve caminhar para espairecer, tentar se encontrar no meio daquelas águas turbelentas chamadas sentimentos, "Que graça teria se tudo fosse simples? Poderiamos nós evoluirmos se ganhassemos tudo de mão beijada?", pensa ele enquanto olha para a lua cheia e tenta enchergar o que acontece nesse satélite que ronda nosso ínfimo planeta. Os pensamentos de Ícaro são cortados ao ouvir o som que nunca conseguia tirar de sua mente, o som de asas quebradas acompanhadas de um coração partido, ela estava ali parada tentando enteder o que tinha acontecido com ela, seus olhos encharcados a denunciavam como mais uma que se perdeu na escuridão da rejeição de um amor, o primeiro amor.

"Poderia eu dizer algo a ela?" pensa Ícaro enquanto se lembra o quanto foi duro para ele se desvenciliar desses sentimentos, as dores que sentia quando fintava o rosto de sua antiga amada que hoje não mais o queria, essa dor que lhe acompanhou por muito tempo, mas seu espírito conseguiu superar, e enquanto olhava a pequena garota ele sentia que poderia tentar fazê-la se sentir bem, pois um ombro amigo neste momento pode ser tudo que precisamos.

Quando vemos as pessoas pela primeira vez, só conseguimos ver seu exterior, só aquilo que ela quer que você veja ou simplesmente deixa escapar, mas ela era diferente, você poderia ver seu interio de longe, era como um grande farol brilhando no alto de um rochedo em uma ilha a mais que 1000km que você conseguia ver como se fosse um farol de um avião a menos de 2 metros.

As suas asas partidas ainda cheiravam a sangue, seu coração batia de forma desritimada ainda procurando o coração que antes batia junto com ele. As lágrimas que cobriam seu rosto caiam de seu queixo banhando não somente suas mão que estavam em seus joelhos, mas também o chão que parava cada gota assim como um mar para cada gota de chuva e a incorpora para si.

Não importava tais coisas para Ícaro, naquele momento ele só queria consertar aquela garota, fazer o que ela pudesse voar novamente, ele não sabia de onde vinha essa vontade de fazê-la se sentir bem, era como se algo mais forte que ele estivesse dizendo que ela precisava de ajuda e que ele poderia fazer a diferença naquela hora. Ícaro tinha certeza que aquilo que ele via nela era familiar demais para ser mera coincidência de um destino insano, mas estranho demais para significar parte de algo maior, o fato dele a ter encontrado naquele momento da vida dela o incomodava profundamente, mas tal incômodo não o impedia de tentar se aproximar dela.

Criando uma coragem quase heroica, Ícaro foi se aproximando dela e a cada passo que ele dava na direção dela, era como se o mundo fosse sumindo a sua volta, como se só houvesse ela ali, somente ela importava. A dor dela ecoava em seu coração e apertava cada vez mais forte quando ele ia se aproximando dela. E apesar do que acontecia, apesar desse turbilhão de sentimentos que ela emanava, ele não recuou nem por um instante. É como se o mundo parasse para ver o que ele ia fazer, ele apenas estendeu a mão pra ela e disse:

"- Olá... precisa de uma mão para se levantar? Se deixar eu posso te ajudar com essas asas..."


Por mais estranho que soasse aquelas palavras para ela, ela apenas o olhou e pegou em sua mão, e isso foi o início de uma conversa que ele jamais vai esquecer...

=========================================

Toda opinião é muito bem-vinda ^^

domingo, 7 de fevereiro de 2010

[Filme] The Imaginarium of Doctor Parnassus



FICHA TÉCNICA
 
Gênero: Fantasia
Ano de Lançamento:
2010
Qualidade:
R5
Formato:
x264
Idioma: 
Inglês
Legenda:
Português
Tamanho: 834.97 Mb
Qualidade de Áudio : 9
Qualidade de Vídeo:
10
Download
: Megaupload

 Sinopse: Na Inglaterra dos dias atuais, o imortal e milenar doutor Parnassus (Christopher Plummer), que comanda a companhia teatral "Imaginarium" — integrada por um mágico de cartas, Anton (Andrew Garfield), e um anão, Percy (Verne Troyer) —, oferece ao público um espetáculo irresistível através de um espelho mágico, um artefato que dá a seu usuário a chance única de viajar para um mundo fantástico e desconhecido, no qual é possível controlar a imaginação alheia. O poder que o doutor hoje possui lhe fora concedido em tempos remotos através de um pacto com o diabo (Tom Waits). Agora que o aniversário de dezesseis anos de sua filha, Valentina (Lily Cole), está próximo, o diabo volta para receber seu pagamento: a alma da jovem.

Para não perder a amada filha, Parnassus negocia um novo pacto através de uma aposta: Valentina será daquele que conseguir seduzir cinco almas primeiro. É aí que a trupe encontra o jovem Anthony "Tony" Shepherd (Heath Ledger) pendurado num cabo da ponte Blackfriers, em Londres. Depois de salvo, o vigarista com sérios problemas com a máfia russa, excelente contador de histórias e cafajeste sedutor coberto de uma aura misteriosa, se junta ao grupo e embarca numa viagem por mundos paralelos, disposto a ajudar Parnassus a resgatar sua filha. Para passar de uma dimensão à outra, Tony entrará no espelho mágico onde sua aparência muda radicalmente (Johnny Depp, Colin Farrell e Jude Law[6]).

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

[Steampunk] MASP, Papercraft e Evento.



"Incentivar, divulgar e amparar, por todos os meios ao seu alcance, as artes de um modo geral e, em especial, as artes visuais, visando o desenvolvimento e o aprimoramento cultural do povo brasileiro"
 
Visitando o Blog de Brinquedo achei esse post onde a gente pode baixar um modelo de papel do Museu de Arte de São Paulo, o mais importante museu de arte ocidental do Hemisfério Sul.

O modelo de papel do MASP foi criado por Ettore Semeghini da agência Esferoide. Para baixar basta clicar aqui.

Recomendo imprimir em um papel cartão, pois se imprimirem em uma folha sulfite as chances de ficar fraco demais é muito grande, ou seja, pra evitar trabalho dobrado e garantir mais um papercraft bem feito para sua estante, usem uma folha que tenha uma boa resistência, afinal estamos falando do papercraft do MASP, isso não é pequeno nem de longe hehehehe.

Assim que eu imprimir e montar o meu eu tiro uma foto e coloco aqui.

Agora, para os confrades desinformados, eu repasso a notícia sobre o encontro no Masp seguido de um piquenique Vitoriano! O encontro terá inicio as 13:30 do dia 20 de fevereiro no vão livre do MASP e mais tarde terá continuidade do outro lado da avenida(em frente ao Masp) em um piquenique que terá como cenário o parque Parque Tenente Siqueira Campos, mais conhecido como Parque Trianon ou Parque do Trianon.

Para informações na integra sobre o evento acessem esse link do site da Loja São Paulo do Conselho Steampunk. Ahhh e Não esqueçam de levar comida para o piquenique ;-)