quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Ingênuo ou Mentiroso

"Qualquer homem que diz que entende as mulheres é ingênuo ou um mentiroso"
Ao tentar entender "as mulheres", os homens tendem à generalizar e acabam sempre indo para os dois itens básicos para "conseguir uma garota": dinheiro e beleza. Isso não é algo para se aplicar à todas as mulheres, afinal, quem nunca viu um cara feio e sem grana com uma mulher bonita? Parece algo de dar nó na cabeça, mas é algo até simples de entender se você estiver disposto.

Se as pessoas generalizassem menos e tentassem entender mais a pessoa em sim, tudo seria mais simples para ambos. Sempre vemos pessoas não clamando não entender o que se passa na cabeça de seus conjugues, sinceramente isso chega à ser engraçado pois as pessoas querem tudo na mão e não se esforçam pra tentar entender o porque de tal pessoa estar discutindo com ela, ou porque ela está te ignorando, ou porque raios ela está tão seca com você.

A resolução de problemas de relacionamento é um caminho de duas vias, você tem que analisar o que você fez de errado e também ver o que a pessoa fez de errado, se você conversar de verdade com a pessoa você vai perceber que muitas das brigas se dão por besteira. Muitas vezes você não reparar que ela cortou as pontas do cabelo podem desencadear uma guerra sem precedentes, mas nessa hora cabe à você acalmar ela. O mesmo serve para elas, alguns homens não sabem demonstrar sentimentos, acho que alguns até ignoram a existência deles, mas isso não quer dizer que não façam nada para te agradar, afinal, o segredo está nos detalhes.

Relacionamentos são como uma grande balança extremamente difícil de ser equilibrada, se você não dá presentes à ela: você não liga pra ela; se você dá presentes demais: você acha que ela é uma pessoa que você pode comprar; se você não dá atenção: você não liga pra ela; se você dá muita atenção: você é grudento. Isso sem falar no fato que se você mimar ela demais, no primeiro momento que você parar com os mimos: você tem outra.


Esses exemplos valem para ambos os lados, afinal somos todos humanos e isso é básico para todos, a diferença é a importância que cada um dá para esses itens, muitas vezes as pessoas não dão carinho, mas isso não quer dizer que não dão atenção, as vezes a pessoa só não sabe expor o que sente e isso é algo que deve ser trabalhado, pois se você quer algo fácil então você não quer um relacionamento.

Senhores, volto sua atenção para um item que eu disse logo no começo: "beleza e dinheiro". Só para deixar claro, isso não é tudo, mas ajuda pra caramba. Se formos exemplificar como chamar atenção da outra pessoa, a gente pode comparar as pessoas com os pavões, quando o macho quer chamar a atenção da fêmea ele mostra as suas penas e a fêmea escolhe aquele que à agradar mais. Nós humanos temos outras penas, as básicas são realmente "dinheiro e beleza", mas não são as prioritárias, as prioritárias são aquelas que não podem ser compradas e são difíceis de serem mostradas, estou falando de quem você realmente é, sabe aquela história de "basta ter papo"? Basicamente isso.

Infelizmente na história de "basta ter papo", muitos relacionamentos se iniciam na mentira e isso não é saudável para nenhum dos dois, sustentar uma mentira é o mesmo que andar com uma banana de dinamite acesa no bolso, quando explodir não vai ser nada bonito. Mentira tem perna curta, se você não quer tropeçar nela, então não crie uma no seu caminho, as vezes por mais que a outra pessoa te ame, ela pode não te perdoar.

Uma dica rápida sobre beleza e dinheiro.

A beleza é algo dividido em duas partes: interior e exterior. A beleza também vem em várias formas, no fim quem decide é a outra pessoa. Para manter uma beleza exterior, muitas vezes você precisa se cuidar, é uma missão impossível você achar alguém que goste de você pela sua sujeira, à não ser que ela queira fazer caridade ou uma experiência. Então antes de se condenar como "feio" ou "feia", que tal escovar os dente, tomar um banho de verdade, arrumar o cabelo e manter uma pele humana e não de um monstro de filme, nós já trocamos átomos naturalmente, acho que não precisamos deixar pedaços de pele nas noutras pessoas também. Isso é o básico.

Sobre o dinheiro, que tal fazer o básico primeiro? Uma fonte de renda sempre é bom, procure um emprego, faça free-lances, junte seu próprio dinheiro e, o mais importante, se organize para não gastar tudo de uma só vez. É bom ter dinheiro, é bom gastar dinheiro, é divertido, mas não é eterno, se você não pensar no seu futuro agora, quando você irá pensar? Uma dica que eu posso te dar é dividir o dinheiro que você recebem em partes, uma pra guardar, uma pra pagar as contas e uma outra pra se divertir, fazendo isso as coisas rendem de verdade.

Bom, não vou me estender demais, depois eu volto caso tenha algo à acrescentar.

Carpe, mother fucker,Diem!

Um comentário:

Malkav disse...

É um bom ponto de vista.
Apesar de que eu não concordo com tudo o que foi dito, você tem razão na maior parte das coisas.

Ou, pelo menos, são teorias bem fundamentadas, ao meu ver.