segunda-feira, 16 de maio de 2011

Escolhas

Existem momentos na nossa vida que são os pontos chave para os próximos acontecimentos, esses momentos sempre são aqueles que têm mais de 2 continuações possíveis. Esses pontos chave variam desde virar a esquina até ir falar com aquela garota que você está afim.

Nunca é fácil descobrir onde essas escolhas vão te levar, muitas vezes só descobrimos quando é tarde demais, em outras situações nunca sabemos o efeito, pois foi tão sutil que, ou você não percebeu, ou a sua escolha lhe deu mais escolhas.

A escolha mais difícil de se fazer sempre é aquela que uma das opções é desistir, afinal quem é que gosta de se dar por vencido? Não é fácil, não é simples, não é legal...

Uma das escolhas mais perigosas é a de confiar em alguém, sempre podemos escolher errado, ou pior, escolher certo e no meio do caminho fazer uma curva errada e ferrar com tudo. Sempre esquecemos que os humanos são falhos, não são constantes, até mesmo os que parecem ser previsíveis acabam fazendo algo que você não esperava.

Acho interessante lidar com essas possíveis escolhas, porque se você pensar bem, conhecer as pessoas envolvidas e trabalhar com uma boa margem de erro, você consegue gerar em sua mente alguns movimentos à frente, fazendo assim as coisas ficarem 60% mais fáceis, mas não se esqueça, os 40% que sobram são as piores coisas que você não esperava e essas meu amigo, são as piores. Por isso tome cuidado com suas escolhas.

Um comentário:

Kaito disse...

Eu acredito que escolher é fácil, o foda é acertar na escolha. A cada dia uma escolha lhe é apresentada, e confesso hermano que é realmente difícil desistir. Porém quando nos cansamos de escolher? De não acertar? A opção mais escolhida nos últimos anos é jogar a toalha ou ir à lona.